segunda-feira, 17 de março de 2008

Louçã defende "plataforma de salvação" com suspensão de avaliação dos professores.

No sítio da RTP a 17/03/2008: "O líder do Bloco de Esquerda (BE) defendeu hoje uma "plataforma de salvação da educação em Portugal" que passa pela suspensão do sistema de avaliação e pelo fim da "perseguição aos sete mil professores contratados".
(...)
"A escola tem que combater o insucesso escolar e trazer a melhor qualificação para todas as pessoas. Esse é o princípio de seriedade que tem que ter um regime de avaliação", disse.

Francisco Louçã afirmou que "a paixão da educação são os professores e as professoras" e são eles que "defendem os princípios essenciais de responsabilidade e competência que a escola tem que ter".

Na véspera da interpelação do PCP à ministra da Educação, terça-feira no Parlamento, o deputado bloquista defende ainda a integração na carreira docente dos cerca de sete mil professores contratados que, segundo disse, "seriam uma espécie de cobaias do sistema de avaliação"."

Ver Artigo Completo (RTP)

------------------------
Finalmente alguém refere o enorme problema que é a avaliação dos colegas contratados... Estes sem dúvida serão (de certa forma) os mais prejudicados com tanto avanço e recuo deste processo. Não consigo imaginar a ansiedade e stress que passa pela "cabeça" destes nossos colegas, que terão de ser avaliados ainda este ano lectivo. E já agora... Ninguém se lembra de questionar a validade da Prova de Ingresso na Carreira Docente? Seria interessante... Principalmente porque foi entregue na Assembleia da República uma petição relativa a esse assunto. Para mais informações relativas a esta petição, vejam o blog do nosso movimento: MOVIMENTO DEMOCRACIA.

------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...