quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Escolas juntam-se para baixar custos.

No Correio da Manhã de 23/12/2007: "A agregação de agrupamentos de escolas, prevista no projecto de decreto-lei do regime jurídico de autonomia, administração e gestão das escolas, pode levar à criação de superagrupamentos.

Com esta possibilidade, “o número de directores deve passar para metade”, diz Mário Nogueira, secretário-geral da Federação Nacional dos Professores. O objectivo será a diminuição dos custos com a gestão dos estabelecimentos de ensino. Actualmente existem 1200 unidades de gestão em todo o País, das quais 800 são agrupamentos de escola.

Uma das finalidades do agrupamento é a gestão racional dos recursos. Esta junção pode ser decidida pela administração educativa ou por proposta das escolas, para efeitos de “organização da gestão do currículo e de programas, da avaliação da aprendizagem, da orientação e acompanhamento dos alunos, da avaliação, formação e desenvolvimento profissional do pessoal docente”, lê-se no projecto do Governo.

Os novos directores de escola têm de estar todos eleitos até Agosto de 2009."

Ver Artigo Completo (Correio da Manhã)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...