segunda-feira, 18 de junho de 2007

PSD quer solução para alunos prejudicados.

No site da TSF a 16/06/2007: "O PSD quer que seja arranjada uma solução para os alunos que não puderam fazer os exames de Física e Química em 2005/06 por ordem da ministra da Educação, uma situação que foi considerada inconstitucional. O CDS-PP diz que Maria de Lurdes Rodrigues ficou com «tolerância zero» para erros.

O vice-presidente do PSD considerou ser necessário encontrar uma solução para compensar os alunos prejudicados pela repetição de exames de Física e Química em 2005/06 permitida apenas aos alunos que compareceram à primeira chamada, situação que foi considerada inconstitucional pelo Tribunal Constitucional.
(...)
Em declarações à agência Lusa, Pedro Duarte não ficou surpreendido com a decisão do Tribunal Constitucional que, segundo o jornal «Público», entendeu que a decisão de Maria de Lurdes Rodrigues «contraria o princípio da segurança jurídica e o princípio da igualdade de oportunidades».

O vice-presidente dos sociais-democratas chamou ainda à atenção para a «atitude de prepotência» por parte da ministra da Educação, perante o «grande consenso» que já existia «entre pais, professores e diversas associações sobre a injustiça da medida».

«A actividade do Ministério da Educação tem-se limitado a meras exibições de arrogância, falta de rigor nas decisões e uma atitude de confronto. É altura de o Governo intervir e mudar esta postura», concluiu.

Em declarações à TSF, o deputado do CDS-PP, Diogo Feio, considerou que a ministra da Educação «depois desta decisão, diria que a margem de erro a partir de agora é zero».

O parlamentar afirmou ainda que o «autismo e a teimosia nunca são premiadas», tendo Diogo Feio desejado que «esta seja uma lição para o futuro».

Os centristas anuniciaram ainda que vão questionar no Parlamento a ministra da Educação sobre esta questão."

Ver Artigo Completo (TSF)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...