segunda-feira, 25 de junho de 2007

Governo admite antecipar a idade de entrada na escola.

No site do DiárioDigital a 24/06/2007: "A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, considera que os grandes temas do futuro próximo são a reorganização dos ciclos do ensino e a discussão sobre a manutenção ou antecipação da idade para a entrada na escola, recolocando na ordem do dia a obrigatoriedade do pré-escolar.
(...)
O gabinete da ministra da tutela esclareceu que a ideia de alargar o percurso escolar, antecipando a entrada no sistema de ensino e aumentando a escolaridade obrigatória até ao 12º ano é um dos objectivos do Governo, mas o ministério recusa, para já, fixar um prazo para as medidas.
(...)
Quanto à eventualidade de a ministra estar a pensar na antecipação da idade de entrada no 1º ciclo, a Fenprof discorda, uma vez que «as orientações curriculares estabelecidas desde 1999 é que estão correctas, por se adequarem ao desenvolvimento da criança».

Enquanto a Fenprof não encontra «nada que justifique a reorganização dos ciclos do Básico e do Secundário» a que Maria de Lurdes Rodrigues se referiu, a FNE admite uma mudança, desde que precedida de «um consenso gerado através de um debate nacional».

Em discussão está a possibilidade de fusão dos dois primeiros ciclos do Ensino Básico, o que implica que, nos primeiros seis anos, as crianças tenham apenas um professor. João Dias da Silva considera que as alterações só poderão ser implementadas após mudanças no sistema de formação de professores, que os habilitem a leccionar matérias de seis anos."

Ver Artigo Completo (DiárioDigital)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...