segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

No melhor pano...

A C. é uma miúda esforçada do 11.º ano. É muito afável, sorridente, trabalhadora e atenta. Tem boas notas a todas as disciplinas. Inglês, diz ela, é a disciplina em que ela obtém notas menos boas. Apercebi de que isso era verdade na última reunião de avaliação em que o 14 a Inglês destoava das outras notas nas restantes disciplinas. Gosto dela. Faz perguntas pertinentes e pede sempre mais exercícios para "treinar". 
É óbvio que não me lembro de cada nota, de cada teste, de cada erro. Mas, em alguns casos, há pormenores que me ficam na memória… Num «rephrasing» que abarcava vários conteúdos gramaticais, quis certificar-me, numa das orações do exercício, de que os alunos sabiam distinguir o uso do Past Perfect Continuous do do Past Continuous. Quando corrigi o teste da C., lembro-me de ter pensado «Bolas, ela percebeu que tinha de usar um Perfect Tense, mas usou o errado, usou o Present Perfect Continuous… Que pena…» E risquei a frase dela… 
No dia da entrega dos testes, ela chamou-me. Quis tirar uma dúvida sobre um erro que ela tinha feito num exercício e eu expliquei… «E aqui, professora? O que é que está mal?», apontando para essa tal frase do Past Perfect Continuous. O «s» do «has» (Present) que eu tinha visto na véspera tinha-se transformado em «d»: «had» (Past)… Fiz um compasso de espera, fingindo reler a frase… «Pois, não está nada de errado aqui. A tua frase está correta.», acabei eu por dizer, sem conseguir enfrentar os olhos dela. «Sendo assim, a tua nota final não é 13, mas sim 13,3, já que cada uma destas frases valia 3 décimas…» E fiz os ajustes necessários no teste e na minha grelha… 
E continuei a aula, como se nada fosse... E repetia para mim mesma: «Deixa lá, Dalila, em frente, são só 3 décimas… Não volta a acontecer: da próxima vez, circundas os erros todos e escreves a resposta correta ao lado… Segue…» E segui… como se nada tivesse sido… Mas tinha sido… e mantinha-se… uma (talvez infantil, mas inevitável) tristeza do tamanho de todo o carinho que tenho por esta miúda…

5 comentários:

  1. That's the way you do it, Dalila!I wish you had been my English teacher.

    ResponderEliminar
  2. Num destes dias fiquei chocada quando me disseram que há professores que fotografam todas as páginas de todos os testes de todos os alunos por causa de coisas deste género!! Como é que é possível ser-se tão desonesto ao ponto dos professores verem-se obrigados a ter uma atitude como esta?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...