sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Definitivamente alguém profundamente perturbado com a nossa classe...


Comentário:  De facto, a avaliação que Maria de Lurdes Reis Rodrigues concebeu e implementou foi extinta... Demorou a extinguir... "Levou" com muitas simplificações, até que acabou por quase desaparecer. Não completamente, pois muitas marcas ficaram desse seu legado. Quantos colegas eu conheço que deixaram de se dar bem, após "disputas" pelas avaliações.

Enfim.

O modelo de Maria de Lurdes Reis Rodrigues em nada contribuiu para distinguir, promover ou reconhecer o desempenho e mérito dos professores, bem pelo contrário, víamos colegas a desempenhar papéis, a "exagerar" o número de estratégias, a fazer aquilo que nunca fizeram, a depender da apreciação de colegas que não tinham formação para o efeito, a perder tempo com o acessório... Uma miríade de situações que serviram mais para destruir do que propriamente para melhorar. E por mais anos que passem, dificilmente alguém me vai convencer que este modelo de avaliação tinha como objetivo principal "quebrar" professores.

Eu bem que gostava de escrever mais sobre este tema e sobre esta senhora, mas acabei de jantar e não quero ficar muito mal disposto...

1 comentário:

  1. Essa... senhora esquece-se que aprendeu a ler porque um professor (por mais exigente ou impessoal) a ensinou a ler. Talvez fosse boa ideia bater nesse professor uma vez que... a senhora devia ser iliterada.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...