quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Muito por ler...

...principalmente ao nível do correio eletrónico aqui da casa, e que me irá levar bem mais tempo do que inicialmente previa. Como estive ausente do país durante uma semana, aproveitei também para consultar o spam e apercebi-me que por lá deve estar uma boa dezena de mensagens de correio eletrónico que me parecem importantes. Deste modo, o tempo de resposta às mensagens será superior ao tradicional máximo de 5 dias.

Fica também o recado a quem só se lembra de mim quando tem dúvidas de secretaria: se não se dão ao trabalho de me enviar (mesmo que pelo Facebook) uma mensagem no dia do meu aniversário, se não há uma palavra de "Feliz Natal" ou de "Bom Ano Novo", se não se lembram que tenho um blogue na altura de partilhar ou comentar posts, não esperem que depois tenha disponibilidade para situações ocasionais.

As ajudas são mesmo para quem merece ou para quem dá mostras de valorização do trabalho de outrém. Para os outros, uma recomendação: a DGAE tem um número de telefone e pelo menos um endereço de correio eletrónico.

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Eh eh eh... Isto vai dando para aguentar, até arrebentar! É que é todos os anos a mesma coisa. :)

      Eliminar
  2. Fantástico post! Isto é que é ser direto!
    É ótimo poder continuar a contar contigo, no entanto, é preciso que a disponibilidade para os outros tenha conta, peso e medida. Quando não, esquece-mo-nos de nós próprios e dos nossos.
    Obrigada!

    ResponderEliminar
  3. É isso mesmo, Ricardo. Como sempre, não posso estar mais de acordo contigo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...