sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Always look on the bright side of life...

Caí nas escadas de um dos blocos da escola. Foi tão brutal, mas tão brutal: se as escadas fossem feitas de teclas de piano, ter-se-ia ouvido um pedaço da Marcha Turca do Mozart... Levantei-me num ápice, estilo boneco de mola a sair da caixa, cabeça erguida, pus os óculos no sítio e disse em voz bem alta para todos os que estavam ali a fitar-me, apavorados: "Pronto, já estou cá em baixo! Bom fim de semana!" E continuei a caminhar, como se nada fosse, toda dorida, mas com classe...

4 comentários:

  1. Como dizia o Snoopy da Db, "Na dúvida, mantenha o charme".

    Neste caso relatado, que tal saber-se se tal queda não configura 1 acidente de trabalho?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconteceu me algo igual, caí nas escadas da escola. Foi considerado um acidente de trabalho. A ADSE deu me uma incapacidade de 2%. Estou com uma lesão permanente, até ao fim da vida. Tenho limitações, tenho dores, estou sem o dinheiro que gastei nas consultas e na fisioterapia que fiz no hospital público. Entreguei tudo na escola, estou à espera! Assim foi... O estado trata mal os docentes... Aconteceu quase à 20 meses.

      Eliminar
  2. É o melhor que pode acontecer, acidente em serviço...
    Muitos colegas magoam-se e nunca se lembram desta "proteção"

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...