terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Sonhar (ainda) não paga imposto...


Comentário: Partilho de forma integral as palavras do Paulo Prudêncio no que concerne ao efeito destrutivo das investidas de Maria de Lurdes Reis Rodrigues na educação... De facto, ela conseguiu muito mais do que um dia algum governante conseguirá: quebrar a espinha dorsal da escola pública, expondo-a, menorizando-a de uma forma - creio que - irreversível. Obviamente que a abolição da figura do Diretor (e obviamente, do Conselho Geral que lhe confere poder), com um eventual regresso ao passado, poderá ajudar a sarar feridas, mas dificilmente voltaremos a ter o que já tivemos.

E se não acredito, é porque nestes últimos anos vi professores excelentes, motivados e dinâmicos, transformarem-se em sombras daquilo que já foram... E se somarmos a isso, o congelamento da carreira e a degradação da autoridade docente, pouco sobrará para recuperar. Posso parecer pessimista, mas receio bem que seja isto que vai na alma da maioria.

Se quiserem ler a notícia que esteve na origem deste post cliquem aqui.

1 comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...