quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Não, não ouvi...

...nem sequer quis ver. Esta foi a resposta que dei a alguns colegas que me questionaram sobre a entrevista que o atual Ministro da Educação deu ontem na SIC. Já há muito que compreendi o que acontece a qualquer indivíduo que seja nomeado para esta cargo... Respostas formatadas na ideologia política no poder e com poder argumentativo redundante a fazer lembrar a nossa legislação, isto é, dá para múltiplas interpretações e não compromete.

Ver e ouvir mais do mesmo? Não, obrigado.

2 comentários:

  1. Também não vi nem ouvi.

    O que significa que, a haver mais gente que não o fez, os professores não sentem qualquer motivação deste ME. Ninguém sabe o que se passa nas escolas no dia a dia, o cansaço, a burocracia a triplicar, as "inovações" pedagógicas que já foram implementadas, largadas e retomadas como se fosse a nova descoberta da roda.

    Tirando os professores, muitos poucos percebem o que é o quotidiano da escola, o trabalho pedido, as condições de trabalho e tudo o que tenha a ver com a carreira profissional dos professores.

    Assim sendo, prevejo umas manifestações muito parecidas com a inenarrável ex-ministra da Educação , a grande e única Mª de Lurdes Rodrigues.

    ResponderEliminar
  2. Também não ouvi, pelo mesmo motivo. Independentemente de quem lá esteja só defende precisamente ideologias políticas. A educação efetiva, o que se aprende nas escolas, que é o que interessa isso está em último plano. Os seus atores idem... Cansada de utopias barrocas de políticos, que nada percebem de alunos, professores, assistentes operacionais, assistentes administrativos, pais e restante comunidade educativa... e pior que não querem perceber...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...