sexta-feira, 27 de maio de 2016

Expectável...


Comentário: Quem costuma ler o que por aqui se vai escrevendo, sabe que não tenho qualquer convicção na efetiva implementação dos cortes no financiamento das escolas privadas com contratos de associação. Até aqui registaram-se algumas movimentações políticas no sentido de pressionar o Governo a recuar nestes cortes, mas começam agora a surgir pressões de atores políticos de relevo no sentido de fasear, ou melhor, adiar estes cortes, numa tentativa de manutenção dos interesses "privados" (e sim, com todo o duplo sentido que lhe possam dar), por mais redundantes que possam ser.

E para o bem e para o mal, todos nós sabemos o que significa em linguagem política fasear ou adiar cortes que são do interesse "privado"...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...