segunda-feira, 21 de março de 2016

É nas fases concursais...

...que os "amigos" se lembram que eu existo. "Amigos" que entretanto se esqueceram do meu aniversário (mesmo que se recordados pelo Facebook), que souberam mas nada disseram quando acrescentei mais um elemento à minha família, que tomaram conhecimento de algumas dificuldades que entretanto atravessei, mas nem uma palavra me ofereceram, e que embora venham aqui diariamente (e até achem piada a algumas das coisas que por aqui se escrevem) nem um "like" colocam em posts (pelo menos sob forma de reconhecimento do trabalho que ainda se vai fazendo).


Não sei se é da maturidade entretanto acrescentada ou da falta de paciência eventualmente somada, mas já atingi o meu limite para quem tanto pede e nada oferece... nem mesmo um obrigado(a).

10 comentários:

  1. O melhor é ignorar.... e ser sorriso!! Agora que se amanhem... 😈

    ResponderEliminar
  2. O melhor é ignorar.... e ser sorriso!! Agora que se amanhem... 😈

    ResponderEliminar
  3. Ricardo... e aqueles que exigem respostas rápidas e céleres ui ui. Alguns pensam que temos equipas a trabalhar no blog... existe de tudo como na feira!

    Dá trabalho procurar...
    Dá trabalho ler...
    Dá trabalho esmiuçar...

    DÁ MENOS TRABALHO PERGUNTAR...

    ResponderEliminar
  4. Que não seja por isso, Ricardo...:-)
    MUITO OBRIGADO, muito interessante e útil o trabalho aqui desenvolvido.
    Sou leitor diário através do email.
    Boas "férias" e tudo de bom!

    ResponderEliminar
  5. LIke
    Pronto, toma lá o comentário.
    Eu venho aqui, visito, vejo, leio mas nem sempre tenho palavras para comentar...
    Boa Páscoa, descansa muito e espero que voltes menos rezingão!... (Ass: Jasmine)

    ResponderEliminar
  6. Sou professor reformado e ainda leio o seu blogue. Compreendo o seu desabafo e da minha parte peço imensas desculpas. Não quero deixar de o felicitar pelo seu trabalho de ajuda a imensos colegas que por vezes têm nas suas publicações a única maneira de tirarem as suas dúvidas. Pela minha parte um muito obrigado pelo seu exemplo. Obrigado.

    ResponderEliminar
  7. Eu considero que fazes um excelente trabalho e acredito que seja reconhecido. O problema é que as pessoas usam cada vez menos da palavra para falar das coisas boas.
    Tudo de bom para ti.
    Híbrida

    ResponderEliminar
  8. Muito obrigada, Ricardo. este blog tem sido o meu apoio em momentos complicados desta "carreira" docente! Não desistas... Dina

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...