quarta-feira, 23 de março de 2016

E eis que chega...

...a muitíssimo aguardada pausa letiva. 

Só mesmo quem não está na escola é que poderá não compreender a necessidade de interromper por uns dias o trabalho direto com os alunos. No meu caso, é nestes intervalos temporais que tento ganhar novo fôlego para mais um período letivo.




11 comentários:

  1. 35 semanas por ano, uma dureza...

    ResponderEliminar
  2. Ricardo, perfeitamente de acordo!
    Abraço, Teresa

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Uma dureza é a vida inútil de todos os dias que carregas nesse espírito envelhecido...se calhar nem na missão de pai/mãe te atreves a ser bom...como ousas questionar a missão difícil de ser professor hoje?! Ignorante define o teu mau caráter

    ResponderEliminar
  5. Ricardo corroboro com as tuas palavras. Na plenitude.

    ResponderEliminar
  6. Muito bom trabalho Ricardo. Obrigado por tudo e bom descanso.~
    Miguel

    ResponderEliminar
  7. Bem precisamos, Ricardo!

    Boas férias

    Manuela

    ResponderEliminar
  8. Esta pausa sabe a mel.Só quem lida com alunos e sobretudo com os pais sabe do que estamos a falar.
    Páscoa feliz com muitas amêndoas!
    Um grande abraço a todos!

    ResponderEliminar
  9. Bom descanso.
    Estamos todos a precisar destes dias para que possamos continuar a nossa missão.
    Quem não compreende esta missão, vai dizendo umas coisas inúteis. Não me atrevo a dizer "vai fazendo umas coisas inúteis" porque não ouso avaliar o trabalho que desconheço.
    Híbrida.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...