quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Querer (nesta situação) não é poder

 
Comentário: Bem sei que numa situação ideal todos gostaríamos de conhecer a nossa escola de colocação muito antes do final do mês de agosto (ou início de setembro, como já chegou a acontecer), no entanto, creio que antecipar mais o início do concurso (creio ser essa a intenção e não ter a referência do mês de abril - alguém informou mal o Ministro, pois abril não será antecipar) não resolverá os problemas das colocações "tardias".

O que pode e deve ser melhorado é a velocidade e rigor de processamento dos dados indicados pelas várias componentes do concurso (escolas e professores), para que as fases concursais não entrem em agosto (quando os professores deveriam estar a descansar) e para que os resultados dos mesmos sejam conhecidos com tempo para os professores se organizarem (isto é, bem mais do que as "tradicionais" 48 horas).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...