quarta-feira, 14 de outubro de 2015

PET | INGLÊS - Coisas que Ai donte Anderstende

Imagine-se que a EB 2,3 Ratatui, no âmbito da autonomia prevista pela alínea b) do ponto 15 do Despacho normativo n.º 17-A/2015, determinou que o peso do PET será de 30%.

Na avaliação sumativa interna do 3º período é proposto e aceite o nível 3 à disciplina de Inglês para o aluno João Silva. Neste mesmo momento de avaliação o João obteve "apenas" dois níveis inferiores a três a duas disciplinas: História e Geografia.


No PET o João  obtém  nível 1. Calculemos a média ponderada:

Avaliação sumativa interna (3º período):   nível 3 x 0,7% = 2,1

                                                        PET:   nível 1 x 0,3% = 0,3

O aluno João Silva obteve 2,4. Arredondada, a avaliação final da disciplina de Inglês corresponde agora ao nível 2.



FACTOS:

Em Julho, após a divulgação das classificações das provas finais de Português e Matemática e do PET, resulta que o nosso João obtém nível 2 às disciplinas de Inglês (como consequência do nível 1 obtido no PET e NÃO da avaliação sumativa interna de junho em que obteve nível 3), e mantém - obviamente, até porque ainda nem realizou as provas de equivalência à frequência - nível dois a História e Geografia. 


QUESTÕES:


1) O João obtém ou não aprovação? À luz do Despacho, não sendo salvaguardada a situação da disciplina de Inglês ser uma das disciplinas sujeitas a avaliação sumativa externa, qual a avaliação a considerar para a disciplina de Inglês? Não é a avaliação sumativa interna, ocorrida em junho, altura em que obteve nível 3 a Inglês que deverá ser considerada? Pode parecer uma questão de resposta linear mas, atendendo ao ponto 17 do artº 10º, não considero que o seja:


2) Se o PET vale como Prova de Equivalência à Frequência (Artº 9, ponto 5, alínea b)...

... haverá uma segunda fase do PET, já que estão previstas duas fases para as Provas de Equivalência à Frequência? Recorde-se que, por ora, apenas está prevista uma prova escrita do PET (no dia 11 de maio) e um intervalo para realizarem a parte oral da mesma (entre os dias 18/4 e 27/5). 


3) Não sendo considerada uma prova final, o que sucede a um aluno que falte à prova escrita e/ou oral do PET? Esta situação está prevista para as Provas de Português e Matemática (ponto 18 do Artº 10º) mas por ora desconhece-se o que sucederá caso essa não realização se aplique a qualquer uma das partes do PET.




4 comentários:

  1. Excelente post! Posso levar para o meu blogue com os devidos créditos e link para aqui? Grata desde já, aguardo.

    ResponderEliminar
  2. Muito bom! Continuo a achar esta história do PET completamente absurda! Não percebo como é que alguns colegas ainda acham bem atribuir 30%!

    ResponderEliminar
  3. Eu cá só gostava muito de saber (mas muito muito) as contrapartidas envolvidas em prol dos animais de estimação.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...