segunda-feira, 27 de julho de 2015

Terminou a BCE...

...e mais uma vez, sob forte contestação, incontestável confusão e um inegável stress por parte de quem tem de se sujeitar a esta modalidade de concurso de docentes. Não tenho ninguém que faça parte do meu grupo próximo de amigos que tenha concorrido à Bolsa de Contratação de Escola (BCE), como tal, não posso afirmar que presenciei em "primeira mão" a ansiedade que caracteriza um concurso com estas características.

No entanto, leio fóruns, páginas de facebook e outros blogues e não será muito complicado compreender a real complexidade, carga burocrática e potencial falseamento da realidade a que este concurso está sujeito, principalmente quando sabemos que em algumas escolas / agrupamentos, os candidatos estão escolhidos a priori. Pessoalmente, a insanidade inerente à comprovação de cargos e projetos desenvolvidos, só por si, levar-me-ia a repensar a minha continuidade na BCE (e eventualmente, na classe docente).

De todos os concursos de docentes que já tive oportunidade de experimentar / assistir, a BCE é sem dúvida o mais humilhante e o que menos respeita aqueles que deveriam ser respeitados. E para terminar, apenas isto: bem sei que é ano de eleições legislativas, que é um concurso do qual dependem centenas de colegas, mas gostava realmente que voltasse a dar problemas (a par do que aconteceu em setembro de 2014) para o colocarem de vez de onde nunca deveria ter saído: do LIXO!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...