terça-feira, 23 de junho de 2015

Essencialmente... ganhar tempo.

Em ano de eleições, escolas vão poder reabrir no final de Setembro

Comentário: Julgo que ninguém terá dúvidas que a justificação dada pelo MEC para este começo "tardio" (o tal "criar um maior equilíbrio na duração dos três períodos lectivos”) não faz grande sentido, tendo em vista a tradicional ausência de preocupação ministerial pelo alunos e professores, e muito menos pelo equilíbrio do que quer que seja na escola pública. 

Se somarmos a isto, a muito esperada contestação dos "papás", tudo indica que a preocupação resida mesmo no adiar de uma abertura conturbada de um novo ano letivo numa altura de eleições legislativas.

2 comentários:

  1. E vai adiar para mais próximo das eleições?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obviamente. As asneiras só se tornam mais visíveis para a comunicação social a partir da abertura do ano letivo, com profes e alunos nas escolas. Se abrir mais tarde é menor o tempo de confusão, é melhor para a memória curta tuga. Se abrisse mais cedo e se houvesse asneiras o tempo de antena era maior e durante mais tempo. Nada burros, sim senhor.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...