quarta-feira, 24 de junho de 2015

A mim já nada me choca...

Diretores das escolas públicas chocados com data de inicio do proximo ano letivo

Comentário: Os Diretores (se é que se pode generalizar... mas tudo bem) aparentam surpresa com o início tardio do novo ano letivo (entre 15 e 21 de setembro), afirmando desconhecer os motivos deste "empurrar com a barriga". Acredito que à exceção de alguns diretores (eventuais elementos ativos da máquina partidária que sustenta o atual Governo), ninguém saiba o que realmente motivou esta situação, mas não será necessário um raciocínio demasiado articulado para se supor o que possa estar na base da decisão. Basta analisar aquilo que aconteceu no início do presente ano letivo, para compreender que existe receio em repetições (ou agravamentos). E diga-se de passagem, receios perfeitamente justificados tal é o grau de competência de quem está à frente do MEC.

Apenas um reparo final... Dei por mim a pensar se na realidade aquilo que escrevi enquanto título deste post era realmente verdade. E... Não! Recentemente descobri determinadas "práticas de excelência", que me fazem querer padecer de forte amnésia, para que perante pedido de parecer juramentado não ter de mentir.

1 comentário:

  1. Ainda não percebi muito bem qual é o problema do início das aulas. Afinal é apenas uma semana e se todos diziam que o 1º período era longo, até deveriam aplaudir. Ainda percebo menos o porquê do ministro ter de ir à AR. Parece que não há nada de mais importante do que isto. Deve ser para mais uma sessão de paleio. Andam a gozar conosco e nós a pagarmos isso.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...