quinta-feira, 23 de abril de 2015

Não acho mal...

Mandarim como língua opcional no básico e secundário 

Comentário: A ideia não é nova... E como um dia destes temos a maioria das nossas empresas nas mãos dos brasileiros, angolanos e chineses, não me parece nada mal os nossos jovens terem formação em mandarim. Espero é que ninguém engane os nossos jovens, fazendo-os acreditar que poderão ter grandes hipóteses de trabalho na China.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...