terça-feira, 21 de abril de 2015

Expectável...

Listas para concurso de professores recebidas com denúncias de irregularidades 

Comentário: Só mesmo quem anda totalmente arredado dos últimos desenvolvimentos relacionados com os concursos (nomeadamente aqueles relacionados com a "famigerada" norma-travão) é que podia esperar listas isentas de irregularidades. É o "vale tudo"... E a injustiça vai muito além do imediato em termos de colegas contratados. A jusante desta situação irão surgir novos problemas, quando os colegas dos quadros se aperceberem que também irão ser ultrapassados.

E no final - e isto é que é verdadeiramente surpreendente - aqueles que outrora defenderam virtudes, apenas irão constatar prejuízos. Mas isso será tema para outro dia.

2 comentários:

  1. Li o manual, mas não consigo entender como devo reclamar de 2 colegas que me ultrapassaram por graduação profissional indevida.(Obtiveram uma 2ª habilitação profissional para o meu grupo após alguns anos a lecionar outro e concorreram como se tivessem essa habilitação profissional desde o início da carreira.)

    ResponderEliminar
  2. Será que vai implodir antes do seu término?

    Exmo. Sr. Ministro da Educação e Ciência, Dr. Nuno Crato, será que com todas estas irregularidades a acontecerem no início deste processo de concurso de professores 2015/2016 conseguirá manter-se em funções até terminar o seu mandato?

    Isto não é a Norma-Travão! Isto, é sim, a Norma-Aceleração para o processo de irregularidades na ultrapassagem de candidatos ao concurso de professores 2015/2016 orquestrado pelo MEC.

    Exmo. Sr. Ministro de Educação e Ciência, olhe que agora não se meteu com apenas 15 docentes do Quadro como aconteceu com o processo de Requalificação de Professores. Agora são aos milhares, professores do Quadro e Contratados, que estão a ser injustiçados com este concurso!

    CAROS COLEGAS, ESTÁ NA HORA DE AGIR.

    Eu, estou ao lado, dos Colegas Contratados que estão a ser vítimas de ultrapassagens no concurso por outros com graduação profissional inferior. O MEC tem estes procedimentos com a intenção de criar instabilidade no corpo docente e tirar os seus dividendos mesquinhos, tanto a nível económico como social.

    Já o referi publicamente que uma das formas é denunciar estas situações, mas dando a cara.
    Temos os blogues, as redes sociais, as nossas escolas, os sindicatos, os nossos colegas, os amigos, as instituições que nos tutelam para apresentar reclamações e recursos hierárquicos, a comunicação social, a Assembleia da República, o espaço público, etc. Esta divulgação pode assumir as mais variadas formas, sejamos criativos.

    Por vezes, o caminho é duro em algumas destas áreas que referi, principalmente na
    comunicação social e na internet quanto à divulgação de vídeos porque existem
    forças de bloqueio organizadas, como já o constatei na prática. Mas não é impossível, conseguir essa divulgação.

    Com a nossa determinação vamos conseguir vencer esta batalha porque a verdade está do nosso lado.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...