quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Quase, quase...

Ministro da Educação diz que Portugal tem oposição sindical quase soviética 

Comentário: O que Nuno Crato gostava é que em substituição de uma oposição quase soviética predominasse um regime autocrático onde todos os sindicatos adotassem uma posição similar àquela que atualmente (e caso a memória não me traia, desde que sou professor) é representada pela FNE.

Pessoalmente, nenhum dos extremos de posicionamento sindical me agrada (embora me identifique mais com o "radicalismo" da FENPROF do que com o "dá cá que eu assino" da FNE), no entanto, não temos nenhum sindicato com representatividade que se posicione algures no meio. E para o mal e para o bem, todos (ou quase) temos de reconhecer que a FENPROF sempre consegue impor alguns limites aos desvarios governamentais. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...