quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Pois não...

"Papel da escola não é empregar professores" 

Comentário: A frase é de David Justino e vale o que vale quando descontextualizada de uma entrevista que ainda não tive oportunidade de ler. Independentemente de eventuais considerações abusivas, parece-me que existe alguma leitura ligeira (para não afirmar um eventual desconhecimento) do que está "em cima de mesa negocial", por parte do atual presidente do Conselho Nacional de Educação.

A questão não é a de "empregar professores" só por empregar, mas sim integrar em quadro aqueles que são necessários ao sistema público e que ano após anos vêm ocupando lugar nas escolas (com horário anual e completo), constituindo como tal necessidades permanentes do sistema. Abordar esta questão de um outro ponto de vista será possível, mas não será justo.

2 comentários:

  1. "Papel da escola não é empregar professores"

    O papel da escola é colocar lá uns idotas a dar aulas para calar os encarregados de educação.

    Até em empresas pequenas familaiares no estrangeiro, já se aperceberam que o seu papel como entidade empregadora é muito importante, mas a infelicidade de Portugal é ter boys, analfabetos intelctuais, a destruir o pais.

    Do género, Pires de Lima, vai á feira internacional do calçado representar Portugal e esquece-se que vão lá estar pessoas que vão olhar logo para o seus sapatos, o inútil, cometeu o lapso de calçar sapatos italianos;

    precisamente os concorrentes de Portugal.

    Depois disto, está tudo dito, gastar mais tempo com Portugal é tempo perdido.

    ResponderEliminar
  2. "empregar professores" só por empregar

    Mas que comversa é esta, a escolasm só tem empregado quem precisam e o que está a acontecer é que agora os do quadro estão a fazer o trabalho dos contratados que já naõ entraram e a qualidde do ensino degrada-se de dia para dia,não estão a empregar todos os que deveriam em prol de um ensino de qualidade. Impera o mau ambiente, o cansaço, a desilusão e a falta de respeito, da politica do estado português que tem como objectivo destruir o sistema de ensino em Portugal, destruindo-o qualitativamente, pois a sua destruição física para já causaria celeumas na sociedade já de si em agudizante crise. Mas esperem porque esse dia nao estão muito longe. O caminho está a ser preparado nesse sentido.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...