quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Finalmente...

Fenprof quer acabar com as ofertas de escola para a colocação de professores  

Comentário: As contratações de escola nasceram tortas e continuam tortas. Há muito que defendo que nem deveriam existir... Mesmo após inúmeras queixas, centenas de critérios manhosos divulgados e até uma intervenção da IGEC, o certo é que algumas direções continuam a usar e abusar deste mecanismo para colocar quem querem.

E se nada for feito, o certo é que as injustiças manter-se-ão, a coberto de uma legislação que as permite. Espero sinceramente que os restantes sindicatos se juntem a este iniciativa... e que ninguém se esqueça dela daqui a uma semanas.


16 comentários:

  1. Aqui deixo o meu desabafo sobre esta situação.
    Enquanto professora contratada assisti a situações tristes de substituição...colegas que não foram minimamente profissional e fizeram menos do que o mínimo para o lugar...logo penso...será que a graduação profissional deve ser valorizada ou o empenho do professor?

    Contudo hoje tive curiosidade em ver quem foi colocada nalgumas ofertas de escolas...sou do grupo 910 e foi com admiração que vi uma colega que se encontra no lugar 7000 e pouco colocada quando eu estou nos primeiros 4000!??

    Onde está a justiça? ...
    Algo é certo...hoje em dia, trabalhar é um luxo! Sejamos nós bons ou maus profissionais.

    ResponderEliminar
  2. pois,pois.
    há muita gente penalizada,mas até parece ser esse o objectivo.
    a lista só serve para alguns...neste caso a arraia miuda.
    boys e girls arranjam sempre e até completam horario.
    é uma tristeza.

    ResponderEliminar
  3. Já deviam ter acabado...aliás nunca deviam ter existido...
    Queremos reserva de recrutamento até ao final do ano letivo!
    Qual o sentido de ter a máquina do concurso nacional montada e desligá-la em dezembro? É o mecanismo de colocação mais célere. As contratações de escola quando foram criadas ao abrigo do dl 35/2007, supostamente serviriam para tornar o processo de colocação mais célere...Agora eu pergunto: Onde é que está a celeridade das CE? O concurso nacional é sem sombra de dúvida o modo mais rápido e justo. Neste país não pode haver dois concursos em paralelo, porque o que se está a passar é um verdadeiro regabofe!
    Espero sinceramente que esta rebaldaria das contratações de escola termine de uma vez por todas, pelo menos para os grupos de recrutamento.
    Fim das CE já!

    ResponderEliminar
  4. A contratação de escola só deveria ser feita quando se esgota a lista nacional. Neste momento milhares de alunos continuam sem professor e têm já o primeiro período comprometido. Algumas turmas serão de exame certamente e perderam até agora 12 aulas de português e matemática, pode não parecer muito mas no final do ano faz diferença!

    ResponderEliminar
  5. Bom dia. Faço minhas as palavras do colega Bruno. As CE nunca deveriam existir, pois já prejudicaram muita gente, colegas mais graduados ficam em casa e os menos graduados vão trabalhar,só porque conhecem alguém naquela escola. No ano letivo 2011/2012 um colega 2000 lugares depois de mim foi colocado numa escola em Braga e eu telefonei para a escola e perguntei o porquê a diretora teve a "latosa" de me responder da seguinte forma: "sabe que esta escola tem autonomia, por isso pode colocar o professor que quer." Apeteceu-me chamar-lhe alguns nomes, mas enfim......

    ResponderEliminar
  6. A contratação de escola é uma injustiça tremenda que existe no sistema educativo português. Colegas mais graduados são "encostados" por colegas menos graduados.Não é justo! Todos temos o direito de trabalhar e cada um deve esperar pela sua vez.Há diretores, sub-diretores e adjuntos de escolas que usam e abusam do poder que tem para colocar o amigo/a. Deviam prestar contas a quem de direito!!!

    ResponderEliminar
  7. Qualquer dia há ofertas para primeiro-ministro?

    ResponderEliminar
  8. Acabem com as renovações!!! Concurso anual para contratados!!!

    ResponderEliminar

  9. Colegas, abriu hoje concurso para AECS, no Agrupamento Escolas Latino Coelho--Lamego

    Vagas:

    INGLÊS-4

    EDUCAÇÃO FÍSICA--4


    Prazo do concurso

    Abriu hoje dia 27

    3 dias úteis

    ResponderEliminar
  10. Pois de facto, concordo com o fim das CE.
    Mas também concordo com o fim das renovações de contratos.
    Por estes dois mecanismos existem professores com menos graduação que conseguem colocação, e outros com melhor graduação, andam aos caídos.
    Infelizmente, na atualidade, o fator preponderante é a sorte.

    ResponderEliminar
  11. Já deviam ter acabado há muito tempo! assim como deveriam diminuir o poder de decisão na pessoa do diretor, pois a falta de verticalidade e transparência em todo este processo de recrutamento tem dado provas disso. Inadmissível.

    ResponderEliminar
  12. Realmente os contratados são impedidos de concorrer às TEIP e afins; no final quem concorre somos nós... Não há justiça nem celeridade. Venham as graduações durante todo o ano... Só assim deixará de haver injustiças e os alunos não ficarão tanto tempo sem professores!

    ResponderEliminar
  13. Deveriam acabar as ofertas de escolas, bem como as renovações de contratos. Infelizmente, são duas formas de pessoas menos graduadas conseguirem ultrapassar outras mas graduadas.
    Lamentavelmente, o factor sorte impera nos conursos.

    ResponderEliminar
  14. Não é só a FENPROF... são todos os sindicatos...

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde!

    Além de ser professora e todos os anos ver as injustiças existentes nos critérios que estão por trás das contratações por ofertas de escola...este ano deparei-me com uma novidade que me fez ter cada vez mais a certeza que este processo é negativo em todas as perspectivas pelos quais seja analisado...

    Neste momento...alem de professora desempregada (já ultrapassada em ofertas de escola por colegas que concorreram na 2ª prioridade e outros que nem na lista de colocados ou não colocados existiam - será que nem concorreram ao concurso nacional?) estou a escrever enquanto encarregada de educação de duas meninas do pré-escolar de uma escola do concelho da Amadora...acabámos de entrar na 3ª semana do ano lectivo e nada de educadora...tenho consultado o site da escola onde informam que já vão para a 4ª tranche de selecção e que entre professores já colocados e outros que não compareceram à entrevista ainda não há educador para as crianças (o mesmo se passa com outros grupos de recrutamento além do 100)...situação que já estaria naturalmente resolvida se o agrupamento não fosse TEIP!!

    Vergonhoso...e no fim quem sofre são mesmo as crianças que após um processo de adaptação de quase 3 semanas...um dia destes que não saberemos bem quando...iram iniciar um novo processo provocada apenas por quem idealizou um sistema de recrutamento que simplesmente de positivo nada tem!!

    ResponderEliminar
  16. Comentário na sala de professores: "Mas o Diretor conhece-a... porque é que não a chama diretamente?"
    Achando isto tudo muito normal...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...