segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Concurso externo extraordinário de seleção e recrutamento de pessoal docente: Aviso de Abertura

Foi hoje publicado em Diário da República, o Aviso n.º 1340-A/2013 relativo à abertura do concurso de vinculação extraordinário, cuja fase de apresentação de candidatura decorrerá de 29 de janeiro a 5 de fevereiro (5 dias úteis).

Aconselho ainda a todos os colegas contratados que irão concorrer, a leitura calma e atenta dos seguintes documentos:

13 comentários:

  1. Os contratados a concorrer?

    ResponderEliminar
  2. Os contratados são obrigados a concorrer?

    ResponderEliminar
  3. Essa pergunta é de quem não anda neste planeta. ..

    ResponderEliminar
  4. Só concorre quem assim o entender

    ResponderEliminar
  5. A culpa é nossa, existe, faculdade de direito,existe faculdade de medicina,etc etc, porque não existe faculdade para políticos... sim para serem políticos só deveriam ser que tivesse 5 anos ou mais de Politiquismo,agora metem na politica pessoas que são médicos, advogados,militares...ora vão se lixar! a culpa é nossa e não de mais ninguem

    ResponderEliminar
  6. Um professor em situação de QZP que queira concorrer/ aproximar de outro QZP onde estão anunciadas vagas, pode fazê-lo nesta candidatura?

    ResponderEliminar
  7. obviamente que não este concurso extraordinário é apenas para docentes contratados.
    Posteriormente haverá concurso para docentes do quadro.

    ResponderEliminar
  8. Não. Mesmo no concurso geral, como as vagas de QZP são consideradas "a fechar quando vagar", não existe mobilidade ou aproximação entre qzp`s.

    ResponderEliminar
  9. Os professores do ensino particular podem concorrer?

    ResponderEliminar
  10. os colegas do ensino privado também podem concorrer?

    ResponderEliminar
  11. Alguém pode responder-me a esta questão... quem ficar efetivo neste concurso extraordinário pode concorrer para o destacamento por aproximação?

    ResponderEliminar
  12. Boa noite a todos.

    Relativamente a este concurso extraordinário tenho uma grande dúvida: Se uma pessoa concorrer a nível nacional e ficar num QZP a 500 Km de casa, depois terá alguma hipótese de se aproximar da residência no concurso a seguir? Ou será melhor concorrer só para o QZP que lhe interessa para ficar posteriormente como contratado na mesma. Com efeito, é melhor ser contratado perto de casa que vinculado a 500 Km.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...