sábado, 26 de maio de 2012

Conclusão das análises das matrizes curriculares

Está "obra prima" é diabolicamente eficaz a "tramar" todos os professores que defendem o fim das aulas de 45/90 minutos e o regresso das aulas de 50 minutos. 

A opção por aulas de 45 minutos transforma as matrizes ontem conhecidas nas matrizes publicadas no final e março 


A opção por aulas de 50 minutos "apenas" vai "roubar" entre 3 a 4 horas por turma, sendo mais atingidas as disciplinas que, aparentemente, poderiam ganhar com a reforma curricular!

30 comentários:

  1. Conclusão ? Qual o interesse do Nuno crato? Responsabilizar os directores pelo aumento do desemprego de docentes em Portugal ?

    ResponderEliminar
  2. Bruno
    A responsabilidade não será apenas dos diretores. Como disse, essa opção é defendida por muitos professores.

    ResponderEliminar
  3. Os puros e duros do ensino têm agora a grande oportunidade de voltar às aulas de 50 minutos!

    ResponderEliminar
  4. Mas... ainda faltam as orientações para a organização do ano escolar. Qual será a grande surpresa?! Mais autonomia para os directores e mais professores para o desemprego?!

    ResponderEliminar
  5. Advogado do Diabo,muito obrigada pelos esclarecimentos. Apesar de difícil, a situação parece-me menos negra do que ontem, quando tomei conhecimento das matrizes. Ainda há uma luz ao fundo do túnel, apesar de cada vez mais ténue.

    Cloé

    ResponderEliminar
  6. É a impressão com que fico tb, Cloé! Pode ser que não seja assim tão mau, se houver o bom senso de não mexer na duração dos tempos letivos.
    Infelizmente tenho um mau pressentimento em relação à organização do próximo ano letivo: será que a DT irá para a componente não letiva?

    ResponderEliminar
  7. C(rato) és um vigarista e um mediocre e estes professores todos uns burros! Porquê? Porque votaram em ti e no teu partido e antes já tinham votado no Sócrates! Olha a fome e o desemprego a chegar! E depois ainda dizem " Se não votarmos nestes dois, em quêm votamos?" Acordem para a vida e não sejam burrinhos.

    Ps: Conversinhas de "assim é menos mau...já não estou tão assutada..." até metem nojo. Metam na cabeça e percebam de vez que se são contratadas vão acabar por acabar no desemprego...não sejam burrinhas.

    ResponderEliminar
  8. Hoje fui a uma manifestação contra os "Mega Agrupamentos" do concelho de Vila Nova de Gaia...estava presente um grupo muito pequeno de professores...estou farto da medíocridade de pensamento da classe docente...como diz Pacheco Pereira "as pessoas colocam-se a jeito e vão apanhar bem no corpo".

    ResponderEliminar
  9. Penso que tudo vai depender de como será contabilizado 1 horário completo.
    Na melhor das hipóteses:
    -22 tempos de 45 m
    -20 tempos de 50 m

    As piores hipóteses, algumas podem ser mesmo catastróficas...

    ResponderEliminar
  10. TUDO SE RESUME A UMA PEQUENA FRASE "É DEFINITIVAMENTE O NOSSO FIM!!!"

    ResponderEliminar
  11. há mudanças no 1º ciclo.

    ResponderEliminar
  12. É muito triste enganarem os professores desta forma!

    ResponderEliminar
  13. GREVE DE ZELO AOS EXAMES,

    ResponderEliminar
  14. Ao ultimo anónimo
    Explique o que uma greve de zelo aos exames?

    ResponderEliminar
  15. Fazer tudo o que se deve fazer,estar presente.Olhar mas não conseguir ver seja o que for.

    ResponderEliminar
  16. A parte inicial é o que deve fazer.
    A parte final não é uma greve de zelo. è não cumprir as suas funções.


    Uma greve de zelo aos exames seria o oposto do que defende. Teria cumprir rigorosamente as regras dos exames.

    ResponderEliminar
  17. Só mesmo a porcaria dos políticos que manipulam o Estado chutam professores com décadas de anos de serviço sem indemnização enquanto se servem principescamente a eles e aos seus amigos.
    E não se pode extermina-los?

    ResponderEliminar
  18. Sei que tem razão.No entanto, sinto tanta raiva e impotència que tenho estes ataques de irracionalidade.Creio, mesmo assim que não podemos ficar de braços cruzados.Como tal pergunto, o quê? Aceitam-se sugestões mais racionais,doutra forma digo como o outro colega:
    E não se pode extermina-los?

    ResponderEliminar
  19. " Penso que tudo vai depender de como será contabilizado 1 horário completo.
    Na melhor das hipóteses:
    -22 tempos de 45 m
    -20 tempos de 50 m"
    ???????????
    nao se esqueça que os 90 min semanais supervenientes são resultantes da passagem dos 50min para os 45min de aula! Ou seja, o horario semanal continuará a ser de 22 tempos. A diferença é que os tais min superveniente deixarão de existir, ou seja, teremos menos tempos nao letivos. (ou será que se esquecerão disto?????)

    ResponderEliminar
  20. Independentemente de haver mais ou menos horários, sou defensora das aulas de 90 min, o trabalho rende muito melhor. Nas aulas de 45 os alunos tiram o material, escrevem o súmário, e que rendimento tem a aula???? Quando os alunos se começam a envolver, a aula termina, não dá para nada...

    ResponderEliminar
  21. Crato foi muito inteligente no k concerne a este assunto e contou... desculpem-me o comentário.. contou com a burrice de grande parte dos professores.. A título de exemplo na escola onde leciono este ano, mais de 80% dos professores defendem aulas de 50 minutos.. A conclusão que tiro, SEM QUERER OFENDER NINGUÉM, é que a maioria dos colegas com quem trabalho este ano, não sabe fazer contas de merceeiro.. O meu conselho é k esses colegas fossem assistir às aulas de "Matemática para a vida" das novas oportunidades.. Não tenho duvida que seria uma mais valia para eles (e não estou a ser irónico!).
    Pedro_Norte (chat)

    ResponderEliminar
  22. Não concordo consigo quando diz que em tempos de 45 minutos voltamos às tabelas publicadas em Março. No 2º ciclo, para Matemática e Ciências estavam previstos no total 9x45minutos, o mesmo que existe neste momento no ano letivo em curso. Isso dá 405 minutos, e temos agora previstos 350 (desaparecem 55 minutos). Para os grupos de LPortuguesa, IngLês e HGP estavam previstos 540 minutos e agora só vejo 500 minutos.

    ResponderEliminar
  23. mega-agrupamentos, mais alunos por turma e agora isto, é a razia total...

    ResponderEliminar
  24. Premissas (não confirmadas) para decidir sobre esta matéria:
    1- duração do tempo letivo do professor (ou seja, conceito de tempo letivo docente. Igual a 50 mins?)
    2- Há desdobramentos nas disciplinas? Quais? Como são feitos?

    SE:
    1- tempo letivo do docente = 50 mins
    então em algumas disciplinas serão necessárias mais turmas por professor para preencher horários.
    2- desdobramento funcionarem como até agora, então nessas disciplinas não há alteração.

    concluindo: ainda é necessária mais informação.

    ResponderEliminar
  25. cada um a pensar em salvar a sua pele...
    é o de sempre...

    ResponderEliminar
  26. O nosso futuro enquanto Professores é saber o que vai ser o nosso País nos próximos 50 anos, pois a matriz do futuro de um País constrói-se na Escola, sabermos da VERDADE HORRÍVEL QUE SERÁ O PORTUGAL DOS NOSSOS FILHOS E NETOS, TENDO A CONSCIÊNCIA ETERNA DE QUE SABÍAMOS DA VERDADE E NADA FIZEMOS...

    ResponderEliminar
  27. Seremos uma classe profissional sem qualquer falta de consciência? Se pensam que estou a ser exagerado ao menos tenham a vergonha de me mandarem à merda... onde está a nossa consciência? Atolada num balde de merda? Pois bem "colegas" a minha NÂO!!!!!!!!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...