quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Iniciativas docentes...

Com pedido de divulgação:

"A totalidade dos professores de Educação Visual e Tecnológica (EVT) dos dois agrupamentos verticais de escolas de Vale de Cambra, em documento que tornam público e que endereçam ao senhor Ministro da Educação, expressam o seu ponto de vista sobre a pretensão da tutela pôr fim à disciplina de EVT e para as consequências nefastas que daí advirão, convergindo num veemente apelo para que tal medida não se concretize. (...)"

4 comentários:

  1. Enquanto professor de Informática quero manifestar a minha absoluta indignação pela forma como os colegas de Vale de Cambra classificam a disciplina de TIC.

    Considerar a disciplina de TIC uma "variante" ou um "subproduto" da disciplina de EVT é abusivo e grosseiro da parte dos subscritores.

    Não concordo minimamente com a mistura de EVT/TIC, apesar de entender os motivos unicamente economicistas de quem propõe tal medida, mas isso não dá o direito a ninguém de passar por cima do outro.

    Toda a gente percebe o que está aqui em causa e os motivações com que tais afirmações são feitas.

    Desejava que algum dia toda a classe docente se unisse e não desferissem golpes uns nos outros com tão habilidosa arte.

    ResponderEliminar
  2. Caro Ricardo!
    Sou um dos subscritores do documento em causa e fico perplexo com a interpretação que faz das nossas palavras.
    Devia dirigir antes a sua indignação para os arautos autores desta pressuposta revisão curricular, que se propõem dividir EVT em três variantes. Então se a nova TIC emana de EVT, não se pode dizer, neste contexto, que é, ou vai ser, um subproduto desta? Como o é, ou vai ser, a nova Educação Visual ou a nova Educação Tecnológica??? Onde é que está a ofensa?
    Lamento ter de o aconselhar a limpar as lentes, ou a substituir as palas, porque afinal o que mostrou não foi indignação mas iliteracia a Língua Portuguesa.

    ResponderEliminar
  3. Concordando com o colega Ricardo, devo dizer que desconheço a existência de algum documento que refira que as TIC irão "emanar" de EVT. Nunca a continuação das TIC foram pressuposto para se acabar com EVT. Sim, TIC já existia antes da nova "revisão curricular". Não é uma disciplina criada agora, nem vai "emanar" de lado nenhum. E nessa matéria, o colega António, parece que emprenha pelos ouvidos.
    Parafraseando o termo "iliteracia", quem o utilizou, pelos vistos não sabe o que isso é. Isto porque subscreve um documento que não cumpre as novas normas do acordo ortográfico. E esta, ein ?

    ResponderEliminar
  4. O que pensa o Conselho das Escolas sobre os Contratados, entrevista à Rádio Renascença hoje 18 Fev 2012:

    “A questão da abertura de quadros penso que vai ser fundamental devido à saída de muita gente, será uma forma de estabilizarmos mais os quadros das escolas. Tem uma parte negativa que é a parte dos contratados, mas os contratados não fazem parte do sistema”.

    Quem não acredite por ser demasiado grave, deixo o endereço da entrevista na Renascença:

    http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=24&did=51256


    Deus Tenha piedade de nós porque estes diabos não têm.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...