quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

O esclarecimento de Nuno Crato à alternância do desdobramento nas Ciências (3.º Ciclo)


Comentário: Como já tive oportunidade de escrever, não vi a audiência de Nuno Crato na Comissão de Educação, no entanto, encontrei no blogue do nosso colega Nuno Domingues, a explicação do Ministro para o desdobramento nas Ciências Naturais e Físico-Químicas no 3.º Ciclo. Na altura em que surgiu o documento com a nova proposta de revisão curricular (aqui), as dúvidas foram imediatas. Depois começaram a surgir notícias (acolá) e a coisa não ficou melhor.

Finalmente, o atual detentor da pasta do MEC, lá explicou como é que vão funcionar os desdobramentos. Assim, passo a transcrever parte do post do Nuno (os negritos são de minha autoria):

"Relativamente ao modelo de desdobramento das Ciências no 3º ciclo, terá a alternância de um tempo num bloco, ou seja, numa semana os alunos terão:
- 1 Bloco de Ciências Naturais;
- 1 Bloco de Ciências Físico-químicas;
- 1 Bloco para trabalho experimental, alternando um tempo (45 min.) para as Ciências Naturais para o Turno 1 e outro para Ciências Físico-Químicas para o Turno 2, trocando os turnos no segundo tempo do mesmo bloco.

Em suma, tal como consta na proposta de revisão curricular, serão 6 tempos semanais para os alunos (3 por disciplina) e 8 tempos semanais para os docentes (4 por disciplina)."


Um bloco semanal para trabalho experimental? Para além de rimar é uma idiotice. 5 minutos para entrarem (na melhor das hipóteses), mais 5 minutos para abrirem os cadernos diários e escreverem o sumário (e mais qualquer coisita). Sobram 35 minutos... E nem serão 35 minutos, pois todos sabemos como se desenrolam as atividades experimentais no 3.º Ciclo.

Bem... Espero que as escolas tenham o bom senso (e possibilidade) de colocar o bloco letivo semanal no laboratório, caso contrário, este tempo (45 minutos) será de "levar às lágrimas".

23 comentários:

  1. Eu já estou por tudo.. e afirmo "é melhor que nada"! :|

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida que a situação mais indicada para o ensino experimental das ciências, e tendo em conta os 6 tempos letivos propostos, seria o que algumas escolas já fazem para FQ de 9º ano: 90 minutos com desdobramento (no mesmo dia) e 45 minutos com a turma toda junta. Mas implicaria mais horas para o professor e isso, infelizmente, não pode ser!!!
    Mas sem dúvida que a situação apresentada é melhor do que aquela possibilidade de numa semana apenas um dos turnos ter a disciplina. Isso não tinha nenhuma lógica.

    ResponderEliminar
  3. Bem já sabem que segundo a Ferreira Leite temos a eutanásia à nossa esoera aos 70 aninhos... como por vontade "deles" só nos "reformamos" aos 75 aninhos, significa que se nada fizermos sofreremos "eutanásia" na primeira ida ao hospital... ainda antes da "reforma"... será que estamos "tão esquecidos" que ainda os deixamos "trabalhar" à vontade??!!... Quando teremos a dignidade de agir??...

    ResponderEliminar
  4. prefiro como tenho agora 90' turno1, 90' turno 2.

    ResponderEliminar
  5. Olá Ricardo,
    alguma ideia quanto ao desdobramento de TIC/ET?

    ResponderEliminar
  6. E os de Educação Física que deviam ter 90 mais 90 e temos 90 mais 45.10 para entrar e equipar mais uns para sair e tomar banho tb sobra muito não é?

    ResponderEliminar
  7. pelo que percebi CN e FQ têm 90m + 45m (cada) mas os 45 são , uma semana para FQ e outra para CN. Isso dá uma carga horária de 5 tempos de 45minutos para as duas disciplinas. Percebi bem?

    ResponderEliminar
  8. Parece-me que o texto do post é muito claro: Se for como lá está, cada disciplina tem por semana 90 minutos com a turma junta e 45 minutos com a turma desdobrada (na mesma semana). Cada uma das disciplinas fica com uma carga horária semanal (para os alunos) de 3 tempos de 45 minutos. Não haveria, felizmente, alternância quinzenal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo! A aula em turno será de 45min. Já é assim q funciona na minha escola!
      É uma questão de adaptação, consegue-se trabalhar!

      Eliminar
    2. Segundo a secretária de estado ontem, estas disciplinas têm um total de 5 vezes 45 minutos. Dois blocos de 90 mais um tempo de laboratório em que alternam uma semana para cada disciplina. Ora, isto não está de acordo com a proposta inicial. Alguem sabe em que ficamos?

      Eliminar
  9. mas se assim for, os alunos não terão 6 tempos semanais, mas sim 5 - embora isto tenha sido afirmado pela própria secretária de estado - podem ouvir em: http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=2238873

    Assim sendo, a realidade estará em desacordo com a própria proposta governamental.

    ResponderEliminar
  10. Muito simples, até agora, os alunos tinham 2 tempos (90 minutos) desdobrados. o que dava 4 tempos para o Professor. O que o MEC quer é: os alunos passam a ter 2 tempos (90 minutos) todos juntos, e mais 45 de 15 em 15 dias. Resumindo os professores passam a ter 3 tempos. O estado poupa 1 tempo. .: alguns professores vão emigrar, tal como dizia o PPC.

    ResponderEliminar
  11. O texto é claro! Nao compliquem! Cada disciplina terá 90 min turma toda junta + 90 min com turnos de 45min ( os alunos trocam de sala a meio do bloco)
    "

    ResponderEliminar
  12. Desculpe Raquel, mas de certeza que não ouviu a secretaria de estado. Mas tem o link acima, escute um pouco e depois diga se o anónimo antes de si não tem razão. Esse anónimo fui eu RR. Hehehehehe.
    Cumprimentos,

    ResponderEliminar
  13. Mas o que está na proposta de revisão da estrutura curricular, que certamente terá mais validade que qualquer "diz que disse", são 6 tempos letivos de 45 minutos para o conjunto das duas disciplinas, semanais, e para os alunos. Portanto, tendo em conta o que é divulgado neste post, deduzo que semanalmente cada disciplina tenha 3 tempos de 45 minutos para os alunos!

    ResponderEliminar
  14. Segundo a proposta, cada aluno terá que ter um total de 6 tempos a CCN + FSQ. Ora segundo o que disse a tal senhora, teríamos apenas 5 tempos semanais para cada aluno.
    Segundo este post e atendendo às palavras do ministro (já agora alguém tem o registo sonoro do que está transcrito no post?) os alunos terão oa tais 6 tempos letivos.

    ResponderEliminar
  15. Já assisti ao encontro com o ministro durante esta semana e o que o Ricardo aqui colocou está correcto, senão não faria qualquer sentido, portanto serão: 1 bloco de 90 min com a turma toda junta e um bloco de 90 min com a turma separada, o que vai dar 3 tempos semanais para os alunos e 4 tempos semanais para os professores. Posso também dizer que apesar da catástrofe que aí vem, estadisciplinas, bem como História e Geografia ainda conseguem ver uma luz ao fundo do túnel, não podendo dizer o mesmo de EVT e TIC e claro está que a Formação Cívica, AP e EA vão afectar toda a classe. Nota: Não confiem 100% na imprensa, nem sempre o que lá vem está correcto, eu também li e não foi isso que eu percebi!

    ResponderEliminar
  16. Isto significa que em termos de horário docente, quantitativamente fica igual (2 blocos semanais). Sendo assim, porque raio é que não fica como está??
    Só vai piorar pedagogicamente para os alunos...

    ResponderEliminar
  17. Era importante apurar como funcionarão os desdoramentos/alternância FQ e CN. Ou é como é explicado no post, e assim está de acordo com a proposta do MEC (cada aluno terá 6 tempos letivos semanais no total das duas disciplinas), ou é como disse a tal secretária e nesse caso os alunos terão um total de 5 tempos letivos semanais (estando neste caso o MEC a tentar enganar tudo e todos com a sua treta de aumento da carga letiva). É muito importante apurar qual das duas situações é a verdadeira, para um aluno, ter 90 min de trabalho laboratorial semanal é diferente de ter 45min. E para os professores ainda mais importante é (é a diferença entre ter 3 tempos semanais ou 4). Gostava que alguém me esclarecesse.

    ResponderEliminar
  18. Atenção que o que a secretária disse acho que é relativo a 9º ano, o resto fica como está (as mesmas horas), pelo menos foi o que me disseram na escola!

    ResponderEliminar
  19. Na revisão da estrutura curricular estão os tais 6 tempos semanais (7º, 8º) e 5 para 9º e isso é q prevalece!!!

    ResponderEliminar
  20. Penso que o meu post é esclarecedor, os Profs ficam com 3 tempos e os alunos com 3 tempos de 15 em 15 dias. Não vês que estes tipos só pensam em cortar cortar, nada mais importa. Se não querem saber dos alunos, muito menos dos professores.

    ResponderEliminar
  21. Afinal ninguém sabe ao certo se no 7º e 8º ficamos na mesma com 4 tempos ou se ficamos com menos um????

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...