sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

A "vidinha".

Ex-dirigente da Fenprof nomeado para o Ministério.

Comentário: Não conheço o ex-sindicalista em questão... Saiu do SPGL (e pelo que consta do artigo, sem dar satisfações a Mário Nogueira) para a direcção dos Serviços de Formação dos Recursos Humanos... Se me surpreende? Não. Não surpreende absolutamente nada. Existem outros registos nesse sentido. Se me desagrada? Nem sim nem não. É-me indiferente. Provavelmente se os sindicalistas da "velha guarda" e que têm poder de decisão migrassem todos para o Ministério da Educação, talvez conseguissemos o tão desejado "sangue novo" sindical.

2 comentários:

  1. E essa vaga no SPGL será que não podia ser pr'a mim? Que jeitaço me dava, Deus meu!

    ResponderEliminar
  2. COMENTÁRIO A ALGUNS COMENTÁRIOS DE CAMARADAS QUE SE MOSTRAM CHOCADOS E ESCANDALIZADOS:


    Não nos devemos somente ficar pelo "choque". Temos obrigação de ir a montante: questionarmo-nos sobre a natureza da terra que tais frutos podres e folhas secas vai produzindo ciclicamente.

    Relembro a todos que este indivíduo, além de muitas partes gagas que protagonizou, pôs-se de bicos de pés, conseguindo assim ser encarregue pela FENPROF de elaborar um modelo de ADD alternativo ao do ME, que na sua 1ª e 2ª versão era altamente penalizador para os Contratados, quase tanto como o da Sinistra.

    O fulano bandeou-se para a 5 de Outubro a troco de 30 dinheiros? Não espanta, o lugar do homenzinho era mesmo lá - e há muito tempo! - só foi pena que tenha saído furtivamente pelos próprios pés e que não saísse aos empurrões e com foguetório, que é o que gente desta estirpe merece!

    Vivam os Professores Portugueses!

    A LUTA CONTINUA!
    (E só faz falta quem nela está)

    Paulo Ambrósio

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...