segunda-feira, 18 de maio de 2009

Manual do aplicador «idiota».


Comentário: O manual do aplicador das provas de aferição é um anedotário, que trata os professores como verdadeiros «novas oportunidades». São dadas instruções que devem ser lidas aos alunos. Vejamos alguns exemplos: "Em primeiro lugar, chamo a atenção para o facto de não poderem falar com os vossos colegas"; "Acabou o tempo. Não podem escrever mais nada. Agora vão ter o intervalo"; "Leia em voz alta: 'Agora vou distribuir as provas. Deixem as provas com as capas para baixo'; 'Podem voltar as provas. Escrevam o vosso nome no espaço destinado ao nome'; 'Querem perguntar alguma coisa?'"; "Desloque-se pela sala, com frequência", "Rubrique o enunciado no local reservado para o efeito"; "Leia em voz alta: 'Ainda têm 15 minutos'; 'Acabou o tempo'. 'Estejam à porta da sala às 11h e 20 minutos em ponto'. 'Podem sair'". É necessário que o GAVE saiba que os actuais professores ainda não foram gerados pelas «novas oportunidades»! Os professores ainda sabem ler, interpretar e são autónomos. Este manual é uma autêntica «macacada», que revolta porque trata os professores como verdadeiros idiotas que não sabem lidar com alunos. A Ministra da Educação tem uma opinião contrária, como não podia deixar de ser.

Nota: Para quem quiser ler o «tal» manual, basta clicar aqui (a partir da página 8).


Comentário: Afirma a Ministra que este manual, é "absolutamente necessário" aos docentes para assegurar igualdade em todas as turmas, defendendo que "faz parte das regras técnicas das provas de aferição a existência desses manuais. Incluindo essas frases". Pois...

1 comentário:

  1. CONFIRMO... Hoje senti-me uma idiota ao ler aquelas instruções... especialmente quando faltavam 15 minutos para terminar o tempo e já todos os alunos tinham acabado... e aqui a idiota a dizer "...ainda têm 15 minutos, nao se esqueçam que ainda têm de passar o texto a limpo..."

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...