quarta-feira, 29 de abril de 2009

Livro de cabeceira...

... que aconselho vivamente (principalmente aos estrategas sindicais).

Para quem ainda não leu, eu faço um resumo: é um tratado militar escrito durante o século IV a.C. pelo estrategista conhecido como Sun Tzu (General chinês). Tem treze capítulos. Em cada um, são abordadas estratégias (e a forma de as conceber) de guerra, que permitem no final, termos uma noção das alternativas para «todos» eventos que podem ocorrer num combate «racional». Surpreende pela sua aplicabilidade actual. Vale bem a pena ler. Leitura 100% aconselhada.

Deixo-vos com duas citações, que retirei para o meu bloco de notas (espero que estejam correctamente transcritas):


"O verdadeiro método, quando se tem homens sob as nossas ordens, consiste em utilizar o avaro e o tolo, o sábio e o corajoso, e em dar a cada um a responsabilidade adequada."

"Pondera os perigos inerentes às vantagens e as vantagens inerentes aos perigos."

11 comentários:

  1. A época é de esclarecimento, não deve ser de "confusão"... pareceu-me que este texto vem para mandar umas indirectas. Será????????
    Se é , lamento!

    ResponderEliminar
  2. Colega, desculpe lá, mas o seu comentário vem levantar mais «confusão» do que o post em si. Não posso dar conselhos aos sindicalistas? Em que é que isso provoca «confusão»?

    Só consigo compreender o seu comentário, de um ponto de vista blogosférico. E se o problema é esse, asseguro-lhe que não era essa a intenção. Deu-lhe uma interpretação completamente errada. Aliás, se leu os meus últimos comentários (algo que aparentemente não fez), verá que é uma guerra que não me interessa alimentar. Muito pelo contrário, gostaria que parasse.

    ResponderEliminar
  3. Não ligues ricardo. Deve ser um ressabiada umbiguista a tentar picar-te.

    ResponderEliminar
  4. Para Iolanda: Definitivamente, esse comentário não ajudou nada. A intenção até podia ser boa, mas não me agradou, pois persiste na mesma linha de ideias da colega Becas.

    ResponderEliminar
  5. Acho que algures deve aparecer nas páginas da Arte de Guerra.

    "Se és totó não ligues, pois totós atraem miúdas giras!!"

    ou...

    "Só usas Capacete vais para Ministra do PS"

    Desculpem a loucura mas ler alguns comentários e algumas "tricas" nos Blogues ultimamente fazem me simplesmente ficar assim.


    Um bem haja Ricardo..aplaudo os teus últimos textos.

    ResponderEliminar
  6. Correcção:

    "Se usas capacete*(...)"

    ResponderEliminar
  7. Para mim, acima dos direitos de cada um, existem questões de ética, hombridade e respeito pelos outros que definem carácteres e atitudes....

    ResponderEliminar
  8. Reestruturar os 2.º e 3.º ciclos, reduzindo o número de disciplinas. Na sua intervenção final, a ministra Maria de Lurdes Rodrigues, viria a abordar este último tema, fazendo uma rara referência à classe docente: "Com 17 professores por turma não é possível trabalhar. Há ainda uma lógica de subordinação dos interesses das escola aos grupos corporativos. Há muito trabalho a fazer".------MAIS UMAS MUDANÇAS NA CALHA. SÓ ME APETECE SER CONTRA A EUTANÁSIA NA ESPERANÇA DE COLOCAREM UM VEGETAL HUMANO COMO MINISTRO E FAZER NADA QUE ERA O MELHOR PARA TODOS NÓS...UM DESABAFO

    ResponderEliminar
  9. Para RS: Por acaso essas «passagens» não estão lá, mas seriam bem engraçadas e actuais. Eh eh eh...

    Abraço.

    ResponderEliminar
  10. Para EVOCATI: Receio que antes desta legislatura terminar, ainda teremos muitas surpresas desagradáveis.

    ResponderEliminar
  11. CLARO, MELHOR DO NÃO FAZER NADA SÓ MESMO DAR CABO DE TUDO E AFUNDAR O PAIS DE UMA VEZ POR TODAS, ISTO É RELAMENTE O MELHOR.

    ESTAS POLITICA DA EDUCAÇÃO VAO DAR OS SEUS FRUTOS MUITO EM BREVE E O FRUTO É SÓ UM kaos..

    GERAÇÃO HIPOTECADA.

    PAIS SEM FUTURO
    SÓ NÃO VÊ QUEM N KER VER.

    FIKEM BEM

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...