quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

ME promete abertura nº «histórico» vagas próximo concurso.

No Diário Digital a 17/12/2008: "O secretário de Estado da Educação, Valter Lemos, anunciou hoje a abertura de um número «histórico» de vagas no próximo concurso de professores, possibilitando que muitos docentes contratados venham a ocupar, finalmente, um lugar nos quadros.

«Será criado um número histórico de vagas nos quadros de escola, o que significa que haverá vagas para a esmagadora maioria dos Quadros de Zona Pedagógica (QZP) e ainda alguns milhares de vagas adicionais para os professores contratados que até agora não tinham lugar de quadro», afirmou o secretário de Estado, em conferência de imprensa.

De acordo com um decreto-lei aprovado hoje em Conselho de Ministros, os cerca de 30 mil professores que pertencem actualmente aos chamados QZP, ou seja, aos quadros de toda uma região educativa, que pode ter uma dimensão semelhante a um distrito, passarão a integrar os quadros de agrupamento, ocupando vaga numa escola.
(...)
O diploma hoje aprovado estabelece ainda o fim das chamadas colocações cíclicas, pequenos concursos que até agora se realizavam periodicamente todos os anos lectivos para garantir a substituição dos professores que se reformavam ou entravam de baixa médica, por exemplo.

Estas substituições temporárias de docentes, que até agora faziam-se habitualmente de 15 em 15 dias, passarão a ocorrer através de uma bolsa de recrutamento de que farão parte os professores que ficaram de fora do concurso de colocação e à qual as escolas poderão, a partir de agora, recorrer.

Com a criação desta bolsa, o Governo garante que as substituições passarão a ser automáticas, permitindo aos estabelecimentos de ensino seleccionar outro professor assim que um deixe de poder leccionar, mantendo-se a lista de graduação profissional como critério para a escolha.

«Até agora, o processo demorava, pelo menos, uma a duas semanas. Agora, as escolas passam a poder substituir um professor praticamente de um dia para o outro, o que permite que os alunos fiquem sem aulas o menor tempo possível», explicou o secretário de Estado da Educação."

Ver Artigo Completo (Diário Digital)

------------------------
Comentário: Tantos "doces"... Só espero é que não fiquemos com dores de dentes ou de estômago. Mudança ligeira de estratégia a pensar nas eleições legislativas. As novidades aqui anunciadas poderão não ser assim tão positivas como parecem. Mas, logo se verá. Tenho de estudar um pouco melhor o diploma aprovado ontem, para conseguir concretizar.
------------------------

3 comentários:

  1. Ricardo, se quiseres, por intermédio de mail, eu posso tentar 'dar-te' algumas luzes em relação a este assunto.

    Fico à espera.

    Um Abraço ;)

    ResponderEliminar
  2. Claro que sim, meu amigo Hzolio. O meu email é o que está no topo do blogue (odracirmt@yahoo.com.br). Toda a ajuda é necessária.

    Espero notícias.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Não ligues que eu ando todo queimado...

    Andei à procura do teu mail e não 'dei' com ele!!!

    Hoje de manhã estava na escola e fez-se luz... 'Pelo menos deve estar no perfil dele...'.

    Ainda bem que o período lectivo terminou hoje, porque sinceramente o prazo de validade já foi ultrapassado há uns valentes dias... ;)

    Um Abraço

    P.S.: Quando estiver no meu computador eu mando-te notícias.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...