quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Primeiro dia sem alunos.

No Correio da Manhã de 11/09/2008: "Plenamente convencida" de que todas as escolas estarão operacionais segunda-feira, a ministra da Educação visitou ontem, no primeiro dia oficial do ano lectivo, uma escola que apenas recebe alunos... na segunda-feira.

Falhada a visita à EB23 de Miragaia, no Porto (o nevoeiro atrasou a chegada do voo oriundo de Lisboa), Maria de Lurdes Rodrigues não falhou a visita à EB23 Leonardo Coimbra (Filho), também no Porto. À chegada, a governante tinha à sua espera representantes do Sindicato dos Professores do Norte.

No final da visita, recebeu dos sindicalistas uma "posição", em que o sindicato refere que "a resposta aos graves problemas com que o sistema educativo se confronta obriga a um investimento persistente na Educação".

A governante lamentou que o SPN tenha escolhido um "momento de Comunicação Social" para apresentar o protesto. "Era mais fácil conversar tranquilamente", afirmou.
(...)
Quanto ao facto de as escolas estarem vazias no primeiro dia de aulas, a ministra sublinhou que o mais importante é que o País "tem melhores resultados escolares, em todas as escolas, em todos os ciclos e anos de escolaridade", reportando-se aos resultados do insucesso e abandono escolares tornados públicos esta semana.
(...)
ESTATÍSTICAS

1,5 milhões de alunos, aproximadamente, devem regressar às escolas até segunda-feira.

8,3 por cento foi a taxa de retenção no Ensino Básico no último ano lectivo.

10 milhões de manuais escolares comprados pelas famílias no início do mês de Setembro.

40 000 professores não conseguiram contratação no concurso deste ano.

19 alunos por turma, em média, no Ensino Básico em Portugal, em 2006, de acordo com os dados da OCDE.

4341 euros é o investimento médio de Portugal em cada estudante, de acordo com a OCDE.

8 alunos por professor, em média.(...)"

Ver Artigo Completo (Correio da Manhã)

------------------------
Comentário: Nem mesmo a visita a uma escola que ainda não tem alunos, impede a Ministra da Educação de tentar fazer um "bonito", para a comunicação social. O motivo não é difícil de compreender: Não tem "ruído de fundo" que lhe dificulte (ou estrague) a publicidade à nova estatística do sucesso escolar. Esta senhora pensa em tudo...
------------------------

2 comentários:

  1. É uma grande palhaçada.... Primeiro diz q as escolas não têm falta de professores porque estão todos colocados; que milhares de escolas, milhares, já tinham começado as aulas.... Logo por azar as que ela visitou, não.... que chatice...
    Mas ãfinal não interessa assim tanto nem todas terem começado e estarem vazias, interessa é que passem todos..... ai não....!!!

    ResponderEliminar
  2. Deixo aqui uma palavra de coragem a quem esta nas AEC`s...

    ...oh meu deus!! (nem com contratos administrativos em algumas autarquias/empresas isto melhora).

    "Professores" em Saldo para polir o projecto "glorioso" da Senhora Ministra!!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...