segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Pais dizem que este é o maior apelo à sua participação na vida das escolas.

No "Sol" de 28/01/2008: "O movimento associativo de pais, reunido este fim-de-semana, congratulou-se com o novo regime de gestão das escolas, considerando que o diploma lança «o maior desafio de que há memória» à participação dos encarregados de educação na vida escolar.
(...)
De acordo com Albino Almeida, o parecer da confederação sobre esta matéria será entregue ao Ministério da Educação (ME) até 7 de Fevereiro, mas antes disso o diploma será discutido com a tutela numa reunião a realizar quarta-feira.

A proposta do Governo prevê a generalização da figura do director, em substituição dos actuais presidentes de conselhos executivos, e a criação do Conselho Geral, novo orgão de direcção estratégica dos estabelecimentos de ensino que não poderá ser presidido por um professor, decisão muito contestada pelos sindicatos do sector.
(...)
«Queremos que a continuidade do voluntariado signifique que os pais estão empenhados em prover o interesse dos seus filhos. Rejeitamos qualquer tipo de reivindicação que criasse uma confusão entre esse voluntariado e qualquer tipo de pagamento ou remuneração por qualquer lugar», afirmou o responsável.

Salientando que «matérias de especialidade» serão discutidas quarta-feira na reunião com o ME, Albino Almeida adiantou que a Confap quer ainda ver esclarecidas algumas questões, como por exemplo o recrutamento de directores ou coordenadores provenientes de escolas particulares.

«Concordamos que a gestão diária e pedagógica seja entregue aos professores, mas achamos que a gestão estratégica (conselho geral) deve ser partilhada pelos professores e a comunidade. É um ponto de vista extremamente positivo», considerou.

A Confap mostrou-se favorável à escolha dos directores das escolas por concurso, considerando que este método aumenta a responsabilização dos dirigentes executivos dos estabelecimentos de ensino. (...)"

Ver Artigo Completo (Sol)

------------------------
No meio de tanto descontentamento existe sempre alguém feliz! Bem... Desde que os encarregados de educação cumpram as suas responsabilidades, já será "meio caminho andado", no entanto, não é isso que acontece na maioria das escolas. Ficamos à espera de melhores dias e de um novo governo.
------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...