quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Ministra «empurra» docentes para quadro de mobilidade.

No sítio da TSF a 23/01/2008: "O secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, diz que «a bem ou a mal» o Ministério da Educação acaba por «empurrar» os professores para o quadro da mobilidade especial quando as Juntas Médicas os declararam incapazes de darem aulas.

O sindicalista Mário Nogueira realça que a ministra da Educação não está a falar completamente verdade, quando afirma não ter planos para enviar professores para o quadro de excedentes. Uma certeza que Maria de Lurdes Rodrigues reafirmou esta quarta-feira.

O secretário-geral da FENPROF lembra o que está previsto no projecto do decreto-lei que os sindicatos receberam da tutela e que segundo o sindicalista «empurra» os docentes que não podem dar aulas para a mobilidade especial.

«É um documento que diz: se o professor quiser vai a bem, se não quiser vai a mal», realça Mário Nogueira, explicando que se a Junta Médica deferir o pedido de aposentação do docente este acaba por «passar automaticamente» para aquele quadro.

O responsável considera que a ministra da Educação «pode dizer o que entender, porque comprometeu-se na Assembleia da República a que nem um único professor - foi esta a expressão - passaria à mobilidade especial e agora temos aqui este projecto-lei que se aplicará, segundo o Ministério da Educação, a mais de dois mil professores que estão nesta situação», salienta.

O dirigente sindical espera que estes pontos sejam retirados do documento que volta amanhã à mesa das negociações entre a FENPROF e a tutela."

Ver Artigo Completo (TSF Online)

------------------------
Toda os professores sabem que a Ministra não é de fiar! Não me admira nada se voltar com a "palavra" atrás...
------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...