quarta-feira, 27 de junho de 2007

Norte perde 20 mil empregos em 6 meses.

No site do Jornal de Notícias de 27/06/2007: "Não é só o desemprego que continua acima do resto de Portugal, tendo já atingido uma taxa de 9,5%. Na região Norte, também o número de postos de trabalho tem diminuído, ao longo dos últimos meses.(...)

A rapidez com que a economia estava a criar empregos tem abrandado em todo o país, mas continua positiva. Já no Norte, não só se registou esse abrandamento como se começou a perder postos de trabalho, a partir de Outubro.

A construção civil e a forte crise que continua a atravessar é a maior responsável por este desaparecimento de empregos.(...)

A educação, contudo, surge logo em segundo lugar. A reforma nos concursos de colocação de professores feita pelo Ministério da Educação, este ano, é uma das justificações para esta evolução, adiantou ao JN a directora-regional da Educação do Norte (DREN), Margarida Moreira. Logo à partida porque o ministério começou a "rentabilizar os horários lectivos existentes". Quando antes se contratavam novas pessoas para completar horários, em vez de os entregar a professores dos quadros da Função Pública, agora os serviços procuram preencher ao máximo todo o tempo lectivo dos professores efectivos, sustentou.

Uma segunda explicação, adiantou a directora-geral, é o facto de os novos concursos implicarem colocações por três anos, o que aumenta a estabilidade do corpo docente. (...)"

Ver Artigo Completo (Jornal de Notícias)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...