terça-feira, 14 de Junho de 2011

3 relatórios de auto-avaliação do desempenho docente

Conforme prometido, seguem os links para os 3 relatórios de auto-avaliação do desempenho docente preenchidos. De salientar que, ao contrário de muitos relatórios que circulam por aí, estes encontram-se em conformidade com o Decreto Regulamentar n.º 2/2010, de 23 de Junho. 

Uma palavra de agradecimento às colegas que gentilmente cederam os mesmos para serem disponibilizados aqui no blogue... Sem estas colegas não seria possível o que quer que fosse em termos de modelos já preenchidos de auto-avaliação, independentemente da minha boa vontade. 

Modelo 1 
Modelo 2

Modelo 3
Actualização - 24-06-2011: Por solicitação da real autora deste modelo, o mesmo deixou de estar disponível para download

Nota: Depois de analisar e muito reflectir acerca da situação que se gerou à volta destes relatórios, dificilmente me irei envolver em nova tarefa similar... 

99 comentários:

Advogado do Diabo disse...

Espero mesmo que não o faças, enquanto o espirito da "classe" se mantiver.


Aproveito para ar uma sugestão a quem se "basear" nestes relatórios. Não se esqueçam de uniformizar a fonte e respectivo tamanho. Digo isto porque conheço casos que, num passado recente, nem para isso tiveram "cratividade".

Margarida Az disse...

Boa malha, Ricardo!
E, foi simpática a atitude das colegas! Um bem-haja para elas!
Boa semana,
M.

Paulo G. disse...

Ricardo,
Vou linkar o teu post, devido ao teu trabalho e esforço.
MAs houve gente que apareceu aqui a exigir-te coisas com umas maneiras absolutamente vergonhosas.
Gente sem capacidade e ingrata com quem lhes faz o trabalho todo.

Abraço,

Anónimo disse...

Muito e muito obrigada.

Anónimo disse...

Obrigada!
Todos têm capacidade para fazer algo semelhante... ou estarei enganada!?
Se uns conseguem porque não o conseguem os outros?

Ana disse...

Está de parabéns pelo esforço e dedicação aos colegas.
Mas apoio a sua decisão de não se meter mais nestes apuros, quando se tratar de trabalho próprio da actividade docente, sem nada de transcendente.

Margarida disse...

Muito, muito obrigada . É uma grande ajuda .

Anónimo disse...

Obrigada!

Joanalebasi disse...

Muito obrigada!Parabéns pelo fantástico blog.

SRRAJ disse...

Muito obrigada!

Anónimo disse...

Obrigada ao Ricardo e aos colegas que disponibilizaram os seus relatórios!
Assim já posso comparar com o que estou a fazer.
Pelos comentários que li em posts anteriores há muita gente que não merece a generosidade.

ni disse...

Olá Ricardo! Tenho grande consideração pelo teu trabalho. Sou uma "cliente" assídua deste blogue que considero ser de leitura obrigatória para quem se quiser manter informado sobre todos os assuntos que dizem respeito à nossa profissão. Concordo contigo quando dizes que ainda há muitos colegas pouco informados e com pouca vontade de se informarem, principalmente no que diz respeito à legislação.
Relativamente ao relatório de auto avaliação estou à vontade para falar porque tenho o meu concluído e só não to cedi para publicação por considerar que é demasiado pessoal. Neste que acabas de publicar parece-me existir uma lacuna ao nível das evidências. Segundo uma publicação tua, aqui no blogue, as evidências (e toda a informação que lhes diz respeito e que está legislada) deveriam fazer parte do corpo do relatório remetendo apenas para anexos os documentos comprovativos das mesmas. É impressão minha ou isso não foi tido em conta nestes relatórios? Não poderá induzir em erro os colegas menos atentos?

Anónimo disse...

Um EXCELENTE para o Ricardo e para os colegas que disponibilizaram estes documentos!!

Anónimo disse...

Eu ainda não fiz o meu mas prometo que assim que estiver feito enviarei também. Isso é o que se chama de partilha, inter-ajuda. É o que muito colocam nos seus relatórios de auto-avaliação mas que na prática não fazem, esperando que chegue um exemplo para copiar. Bem haja para ti Ricardo que disponibilizas tanto do teu tempo em prol dos outros que muitas vezes são mal agradecidos.
Saudações trasmontanas"!
Zita

Margarida disse...

Muito Obrigada.Bem hajam pela partilha.É de louvar a atitude.Tenho uma orientação para o meu que estou a fazer

Anónimo disse...

Obrigado, Ricardo!
Confeço que ando meio perdida, no meu agrupamento todas as semanas aparecem conversas novas...
Sinceramente nem entendo muito bem o que querem que eu entregue!!

Foi-me dito que teria obrigayotiamente de ter aulas assistidas, a minha relatora já me disse que vão dar bons e mais nada!!
E querem saber mais? eu sou licenciada e ela não: Estou no terreno há 20 anos e ela passou quase esse tempo nos papéis!! Bonito não é??

Anónimo disse...

Os verdadeiros companheiros de trabalho revelam-se com estes gestos que, neste caso, acabam por minimizar os estragos que esta absurda avaliação provoca nas escolas. Sou também sempre dos primeiros a tentar ajudar.

navegadora disse...

Obrigada, por estes e por todos os documentos que partilha. Obrigada pelo seu esforço, dedicação e paciência. Abraço

Anónimo disse...

Obrigada Ricardo pela partilha.

Anónimo disse...

Muito obrigado pela partilha.

FX disse...

Primeiro vou fazer o meu relatório, que tenho intenção de partilhar, sem pôr as vistas em cima dos ditos, mas isto é partilha sim senhor, só depois analisarei os mesmos. Pelo que tenho lido confesso ficar um nada confuso, mas afinal eu vou ser avaliado pela elaboração de um mísero relatório?! Triste no mínimo é muito triste.

Anónimo disse...

Costumo consultar diariamente este blog sem contudo nunca deixado comentários.
No entanto, desta vez não podia deixar de me sentir uma ingrata se hoje não o fizesse, para deixar ficar o meu agradecimento pela partilha e altruísmo aqui encontrados.

Anónimo disse...

bem hajas ricardo,es o que se pode chamar de bom colega.
Mto obrigada ati e aos colegas q disponibilizaram os relatorios.
Desculpa quem te falou de forma rude as vezes é desespero.Fazes bem em nao te meteres noutra.
fica bem!

Anónimo disse...

Copiei e agradeço, nao so por esta diaponibilidade, mas por tudo o resto.
Quanto ``a polemica: Somos muitos e a postura dos colegas d´´a para todos os gostos, mas a acontinuar assim, nao tarda vai haver lambada na minha escola. Espero mesmo que o PSD ainda corrija a mao e acabe com esta palhaçada ainda este ano.

Quanto a fazer ou copiar estes relat´´orio - melhor ou pior qualquer um faz uma coisa destas, dependendo da importancia que cada um lhe atribui ..... mas o certo ´´e que a tarefa ´´e morosa e copiar, ainda que deppois se modifeque, basicamente poupa-nos MUITO TEMPO. Como todos temos os mesmos problemas de gest~~ao de e os colegas que disponibilizaram estes relat´´orios est^^ao no mesmo barco, S´´o temos que lhes agradecer e MUITO.
Ora c

Lelé Batita disse...

O meu Relatório está praticamente todo escrito desde o momento em que o Tribunal Constitucional considerou a sua revogação na Assembleia da República como inconstitucional.
Assim, vou só passar os olhos por estes relatórios.
A escrita é uma coisa muito pessoal e não se identifica uma pessoa com outra, nem que seja sua irmã.
Porém, e pela atitude de generosidade do Ricardo, não quero deixar de felicitá-lo por todo o altruísmo e disponibilidade que tem vindo a demonstrar para com muitas pessoas, se calhar, nem todas o merecem. Mas, as boas e as más acções ficam com quem as pratica.
Um abraço forte Ricardo: és Excelente!

Amândio disse...

Epá, infelizmente existem pessoas nada profissionais em todo o lado! A essas não deve ser dado um pingo de tempo e energia!
A colegas como o Ricardo e aos que partilharam os seus relatórios, um bem-haja pela partilha, que devia ser a regra na nossa classe. Fica a boa prática e o bom exemplo!
Estou a elaborar o meu e só depois de acabá-lo é que vou olhar para estes, para comparar. Mas acredito que muita gente irá fazer copy/paste, pois assim é mais fácil, os outros que façam o trabalho! Será que esses professores planeiam aulas, ou pedem aos colegas para fazer por eles?
Cumprimentos

Anabela Magalhães disse...

A minha solidariedade, Ricardo.
Já li tudo e saí de tal forma envergonhada com o teor de alguns comentários que fiz um post no meu blogue sobre esta polémica.

http://anabelapmatias.blogspot.com/2011/06/vergonha_15.html

Cumprimentos

Anónimo disse...

Muitíssimo OBRIGADA.

Anónimo disse...

Boa noite classe docente

Estou a terminar também o meu relatório, ja ha tres dias que ando nisto e o stress nao acaba...graças aos deuses alguem teve a amabilidade de partilhar horas árduas de trabalho (a ler legislação e legislação para cada vez ficar mais baralhado)! Vou comparar umas ideias, essencialmente ver o que deve ser escrito e onde. Fica a promessa de que assim que termine, e dê por onde der tem que ser hoje porque tnh que entrega-lo amanha, enviarei-o ao GRANDE Ricardo para que também seja partilhado! È uma questão de honra (definição dificil hoje em dia)
Bom trabalho a todos e todas e abraço sentido para o "Comandante [Ricardo] deste grande navio que quase parecia à deriva e dois, melhor três muito obrigados para as três (solidárias) corajosas que não olharam a quem para ajudar desconhecidos (desesperados???)
Bom continuação de serão para todos!!!

josé

Anónimo disse...

Boa noite Ricardo,

Não sei se haverá quotas na escola em que estás colocado, mas "nesta" tua escola, e penso que falo em nome de 99% desta população, nunca deverás chegar a menos de EXCELENTE com louvor.
Muito Obrigado

R. Quelhas

Rit@ disse...

"Abutres", foi o que pensei quando vi a má educação desta malta. Que vergonha.
Mas olhe Ricardo ainda vão havendo outros colegas que vão salvando a situação, partilham coisas e são bem educados.
Continue Ricardo!

Anónimo disse...

olá Ricardo, é pena a deselegância em torno desta questão por parte de alguns colegas. Este blogue tem-s revelado da máxima utilidade. Momentos de partilha, esclarecimento de dúvidas são sinónimo de inteligencia e aprendizagem constante. Muito, mas muito obrigada pelo seu trabalho em prol desta classe, às vezes ingrata. É de louvar a sua inteira disponibililidade.

Anónimo disse...

Está bonito isto. Quer dizer então que nas escolinhas não há nenhuma alma caridosa que coloque um modelo no moodle, por exemplo... A competição anda renhida, pelos vistos, e os relatores estarão a exercer mal o seu papel, escondendo informação, ou escondendo que não fazem a mínima ideia... Uma contestação pela via do copy paste só resultaria mesmo se todos (ou uma esmagadora maioria) entregassem o mesmo relatório, vírgula a vírgula. De outra forma, não me parece resultar enquanto forma de luta. Por outro lado, a caixa de comentários ao post anterior sobre relatórios é deprimente. Parece uma turma de área de projecto à procura de relatórios de anos anteriores. Já tive uma assim. Os relatores também aqui vêm buscar inspiração? Também têm que entregar relatório ou não? Ou virão só para ver se os colegas avaliados copiaram ? ...
Além dos avaliados/avaliadores, vêm aqui pessoas interessadas na educação do país e/ou dos seus filhos. Vejam só o que podem concluir (e os treinadores de sofá gostam de generalizar). Controlem os nervinhos e mais auto-confiança! Estão mesmo a interiorizar o papel que MLR quis impor à classe: o de meninos apanhados em falta, em franca competição, escondendo apontamentos nas escolinhas e à procura de os “sacar” da internet…

Anónimo disse...

Deixem-se de críticas, por favor! Que esta confusão nos sirva para construirmos algo de concreto e sermos unidos! Saudações

Mário disse...

Que bom

Anónimo disse...

Obrigada Ricardo:) Tem um excelente blogue e força para continuar.Bem haja!

Anónimo disse...

obrigada..preciosa ajuda! não poderia deixar de de agradecer!:)

Isabel Preto disse...

Apenas queria dizer-lhe que tem procurado ser um excelente colega, que se preocupa em ajudar e apoiar todos.
Bem-haja e ignore esses comentários menos nobres, que se mostram indignos da condição de ser professor.
OBRIGADA POR TUDO.

Elisabete disse...

reflectamos sobre o seguinte: a partilha de alguns relatórios têm como objectivo o esclarecimento e o desbloqueamento de alguns colegas que, tal com eu, apesar de realizarem/desempenharem arduamente o seu trabalho, sentem a pressão e o peso de que um mero relatório irá ajudar significativamente a defini-lo como professor nesta perspectiva injusta de avaliação docente. Não é para copiar... isso é uma reduzida percentagem de inúteis/parasitas que se destacaram nesta classe e provoraram esta mudança da av. do desempenho. No entanto, apesar de tento tentarem desunir-nos, desde profs titulares, agora relatores, cortes salariais, aulas assistidas, planos de aula descritos ao pormenor mais mesquinho, pseudo-reflexão sobre as aulas, auto-avaliação em que alguns itens são apenas dirigidos a quem tem assumido determinados cargos de poleiro da escola, sendo, desta forma, injustamente, atribuídos "excelentes" pela coordenação de um determinado departamento ou projecto... enfim... obrigada Ricardo e a quem de direito pelos diferentes exemplos de relatório que demonstram uma vez mais que ainda existe cooperação e sentimento de entre-ajuda na nossa classe. A continuação de uma boa semana de trabalho: ser professor (planificar, adaptar, partilhar conhecimentos, instruir...)

Ricardo Montes disse...

Para Paulo G.: Agradeço o link no teu blogue... Bem sei que apareceram dois ou três comentários dignos de uma inteligência emocional no mínimo rara. Mas tal como de outras vezes, opto por ignorar. A minha educação e formação está vários patamares acima da "ignorância".

Quantos aos ingratos estou em crer que serão minoritários para não escrever residuais. Se não acreditasse nisso não andava a fazer nada na blogosfera.

Abraço.

Ricardo Montes disse...

Para Anabela Magalhães: O importante mesmo é a partilha e a aprendizagem que se pode retirar desta situação.

O resto é "ruído" que nem interessa analisar.

Abraço

Ricardo Montes disse...

Fico feliz pelas palavras de agradecimento e pela (aparente) utilidade que estes 3 documentos possam vir a ter para os meus colegas de profissão... Este é para mim a melhor recompensa do esforço.

Anónimo disse...

Muito obrigada, Ricardo e aos colegas que disponibilizaram as fichas preenchidas.

João Carlos Narciso disse...

É a classe do(c)ente em todo o seu esplendor. O autor deste espaço também tem culpa. Na sua escola também devem aproveitar-se dele para fazer o trabalho dos outros, dizendo-lhe que é muito inteligente e que tem jeito, etc. etc.

Anónimo disse...

Bem, eu fiquei realmente pasma com o clímax de visitantes do blogue ontem à noite (apesar de eu também estar a contribuir para o número). Já frequento este blogue há cerca de dois anos, embora inicialmente só aparecesse de vez em quando, e nunca tinha visto nada igual!

No que a mim diz respeito, fico contente por parecer que a partilha dos relatórios se tenha revelado algo útil e fico grata por ver que há quem consiga agradecer. Já há algum tempo que andava a ver os pedidos por aqui, mas, de algum modo, acho que estava insegura em relação ao meu, no que respeita à sua exposição aos outros, pois tal como muitos de vocês, eu não faço ideia de até que ponto ele está dentro dos requisitos e cumpre com algum rigor o que é realmente pedido.

Enfim, estava crente que alguém com mais tempo nisto do que eu(nem 2 anos de tempo de serviço tenho, contando com o presente ano lectivo), se fosse chegar à frente, pois, a meu entender estaria mais seguro, capaz e com mais bagagem. Até porque o meu foi feito a correr, dado que o prazo de entrega era 30 de Maio e eu só soube disso uns dias antes. E fica sempre bem, no meio de aulas para planificar, trabalhos para corrigir, entre outros, ter um relatório de avaliação para fazer, quando o período referente ao mesmo ainda não terminou. Mas tudo tem uma razão de ser, afinal, sou uma contratada que vai ser corrida da escola para o desemprego daqui a alguns dias e o bendito tinha de ser entregue o quanto antes.

Como também, numa fase inicial, recorri a relatórios elaborados por outros colegas, não para fazer o copy/paste, mas para me orientar, dado que eram uma novidade para mim, achei que, desta vez, atendendo às circunstâncias, estava aqui uma boa forma de retribuir a quem também precisa. Não acredito que sejam todos casos de "parasitismo", mas sim de alguma desorientação e insegurança.

Peço-vos é que simplifiquem. Não compliquem demais o que não merece tanto desgaste da nossa parte. Apesar de algumas diferenças, orientei-me muito pelo relatório que elaborei no ano passado. É bom ver que já há quem esteja a dismistificar o "bicho", dizendo que, afinal, nem é nada do outro mundo e que qualquer um consegue fazer.

Para ajudar também a dismistificar a ideia de que os contratados andam todos à caça das notas de topo, também posso garantir que, na escola onde estou, fomos trocando ideias e todas (é só mulherio mesmo :)) tiveram uma postura de "que se lixe" diante do relatório e houve mais quem se orientasse pelo que tinha elaborado no ano passado.

Queria também ressalvar que, quando falei em desorientação dos colegas, não estava a criticar ninguém. No que a mim diz respeito, uma das partes mais fáceis de fazer foi mesmo o belo do autodiagnóstico, apesar de ter eleborado o dito quase no final do ano lectivo. Onde me senti desorientada foi nos 3 pontos seguintes. São tão semelhantes e fica tão difícil perceber onde termina um e começa o outro que parece que uma pessoa está sempre a repetir a mesma informação, o que, quanto a mim, transmite a sensação de estar diante de algo que não tem sentido.

Continuação de bom trabalho para todos.

Ana Luisa disse...

Agradeço a vossa partilha, que eu considero muito importante e cada vez mais rara nas nossas escolhas!
Infelizmente o meu relatório é diferente destes modelos e que eu acho mais confuso! É feito em tabelas, por acaso ainda ninguém preencheu nenhum como eu estou a dizer? S houver alguém por aí AJUDEM-ME, PLEASE!!!

Claudia Ferreira disse...

Muito obrigada Ricardo será um apoio e uma inspiração para o meu relatório...agradeço também o altruísmo das 3 colegas que te facultaram os seus relatórios! Muito obrigada aos quatro!

Anónimo disse...

Obrigada Ricardo e a todos os outros, também.
Mais uma vez se verifica: pensamos que somos mais do que aquilo que realmente somos. Somos todos iguais, ninguém é melhor do que ninguém. A avaliação trouxe a público o que de pior existe em todos nós: Mesquinhez e Hipocrisia.
Francamente, nas escolas alguém faz alguma coisa de "novo"?
Então porque tantos "avaliadores" do trabalho dos outros?
Os relatores, esses, foram nomeados. Mas, os "outros", quem lhes incubiu tal tarafa?
Mais uma vez, Ricardo, obrigada, fazes parte da excepção.

Anónimo disse...

Tenho acompanhado os comentários estes últimos dias.
E para citar uma colega: "A melhor forma de não perder nada não é guardar, mas partilhar."
Boa sorte a todos!

Luísa disse...

Obrigada pelas óptimas sugestões dos relatórios.

Vanessa Soraia disse...

PARABÉNS!!!........MUITO OBRIGADA :)

Anónimo disse...

Boa noite. Tenho acompanhado estes comentários e parece-me pouco correcto certos comentários. Os professores desesperados são os contratados que além de estarmos no final do ano lectivo, ainda têm o dito relatório para entregar brevemente.Compreendo o seu desespero, mas os outros colegas que podem entregar até 31 de Agosto, realmente tem tempo para fazer e refazer. Obrigada pela partiha e parabéns pelo blog

Anónimo disse...

Agradecida colega. É este espírito que eu desejo para a nossa classe. Infelizmente nem sempre é assim. Bem-hajas e bem hajam por este gesto de companheirismo. Bom resto de semana

Anónimo disse...

Correcção ao comentário do dia 15, das 8:25 PM

*nem 3 anos de tempo de serviço, contando com o presente ano lectivo.

Anónimo disse...

MERCI BIEN
Alguns serão ingratos... mas não confundam a árvore com a floresta.
Já agora, não acham que os sindicatos estão a dar pouca ajuda... ou estão enganado?

Anónimo disse...

Estou enganado?

Anabela Magalhães disse...

Certíssimo, Ricardo. Aprendemos todos os dias. :)
Abraço

Gabi disse...

Muito obrigada Ricardo! Já há poucos professores como tu por causa desta história da avaliação... :(
Abraço e bem hajas

Zé disse...

Obrigada pela partilha!

Anónimo disse...

É uma vergonha! Os professores parecem alunos que querem copiar! Cada um deve fazer a sua autoavaliação!

Anónimo disse...

Bem haja pela partilha. Merece um excelente

Anónimo disse...

Os professores não copiam, pois têm tarefas diferentes e em escolas diferentes. Quem afirma tal, não sabe o que é partilhar colaborar. Somos professores mas com realidades diferentes... Bem hajas Ricardo

João Rodrigues disse...

Muito obrigado no mínimo, pois serve de certeza como referência, não como cópia. Penso que seria de bom tom de quem inventa este tipo de relatórios, de ano para ano, que orientasse os docentes com um exemplo que servisse de farol, até porque me parece a diversificação cega nem sempre é uma mais valia comparando com a outra grelha de auto-avaliação que era de certeza muito mais sucinta e fácil de compreender. Bem hajas e continua, mesmo que nem sempre compreendido.

Anónimo disse...

obrigada pela partilha

Anónimo disse...

Muito obrigado Ricardo.
Não dês importância a comentários de gente mesquinha que só podem vir do partido que perdeu as eleições.

Anónimo disse...

Muito obrigada!!

Anónimo disse...

Obrigada mais uma vez, pela ajuda preciosa que me deram.

Anónimo disse...

Muito obrigada pela partilha, tal como li... nas escolhas não há partilha de informação, é do género tomem lá este modelo de relatório e façam... sem qualquer tipo de explicações... vai servir para uma orientação que até então não tinha... logo que tenha o meu partilharei também.

João Januário Barros disse...

No relatório de Auto-Avaliação não temos de nos posicionar num nível de avaliação para cada dimensão? Nenhum dos relatórios o está a fazer.

Vera Castanheira Nunes disse...

Imbecis e medíocres há em todas as classes, profissões, em todas as casas, digamos. Portanto, nada de novo quanto à cretinice de alguns colegas ou lá o que são. Companheiros não serão, não.
Quanto a mim e outros, só podemos agradecer a paciência. E a ajuda que é ter um ponto de partida.Assim, e como aqui dizem e muito bem , Bem -haja!

Vera Castanheira Nunes disse...

Relativamente a alguns comentários, um deles fala "dos colegas menos atentos" que peos vistos poderiam esquecer-se das fantástica e já fabulosas evidências. Ora francamente! Se estão atentos para procurar ajuda (como eu) também devem ter estado atentos nas reuniões e afins.Ou isso é pedir demais?!...Bom, está calor e não temos ar condicionado nem ventoínhas. E isso torna-nos ainda mais irritadiços. Bom trabalho!

Vera Castanheira Nunes disse...

E já agora, porquê os anónimos? Não é estranho dizermos o que pensamos sem realmente nos identificarmos? Bom, naturalmente não é estranho. Estranho será dizermos quem somos.

Patrícia disse...

Obrigada por tudo o que tem publicado neste blog!!!

Agora uma ajuda...será que alguem me pode dar ideias de evidências para a dimensão do desenvolvimento e formação profissional ao longo da vida, além das formações realizadas?

Obrigada desde já pela ajuda...

Filomena Menezes disse...

Obrigada Ricardoé à colega que me enviou os teus relatórias. Percebi pelo que li dos comentários que houve vozes ingratas por inveja e incompetência ética, o que é lamentável. Já desesperava de encontrar alguém ainda com a capacidade de parttilha, união, ajuda... Se não te tivesse lido iria fazer o meu, têm os tais razão (ou mandá-los iam fazer a alguem que assim ganha a vida), mas com a tua partilha o stress e a insegurança, minhas, são muito menores. Estamos no mesmo barco e a união faz a força. Percebo a tua frustração mas podes dormir com o teu SER tranquilo. Fizeste o que cada vez menos colegas fazem. Agradeço-te muito. Pela tua partilha já me merecias um, EXCELENTE. Parabéns por seres assim. Não te digo CONTINUA pois poderia ser entendido como "faz que eu copio" mas de certeza que gostaria de trabalhar com colegas comom tu. Ser solidário, querer partilhar, é entendido hoje como vaidade.
Lamento por eles. Que sejas feliz. Merece-lo.
MUITO OBRIGADA!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Colegas

A questão do relatório coloca-me muitas dúvidas, basicamente porque há um documento que vai gerar a nossa avaliação - a ficha de avaliação global - que está organizada em parâmetros diferentes dos exigidos no relatório propriamente dito. E o relatório é o documento de base da nossa avaliação, certo? Como é que o relator vai conjugar os dois documentos? Onde encontra no relatório os elementos necessários para preencher a ficha de avaliação global? Não será melhor que o autodiagnóstico seja preenchido mais dirigido aos parâmetros da Ficha de avaliação global?
De qualquer modo, muito obrigada pela vossa ajuda. E parabéns pelo blogue.

Lúcia

LG disse...

Muito obrigada Ricardo! Fico-lhe muito agradecida pela partilha. Pessoas como o Ricardo dignificam o nossa missão que cada vez é mais árdua. Sinto-me honrada por ser sua colega de profissão. Bom trabalho. A luta continua...

Anónimo disse...

O MUP também disponibilizou um em
http://mobilizacaoeunidadedosprofessores.blogspot.com/2011/06/ficha-de-auto-avaliacao-preenchida.html

Brysa disse...

Obrigada! Eu já tenho o meu relatório meio alinhavado e estes servem para me aperceber do que falta. Esta atitude só pode ser de alguém fantástico e que teria o prazer de conhecer.
Se eu puder ajudar de alguma forma é só entrar em contato.
Deveríamos ter e ser mais "Ricardos" : )

Anónimo disse...

Lamento imenso a situação do relatório mas é necessário sempre ter autorização do autor para o divulgar senão é ilegal.
Li os diversos comentários neste blog e fiquei arrepiado com tamanha falta de solidariedade mas isto sempre aconteceu na classe de professores. Mas esse assunto aparte reparo noutro erro grave algumas pessoas que se intitulam professores podiam se esforçar a escrever melhor pois o blog chama-se profslusos.

Cumprimentos de Aluno

Mena disse...

Estou grata a quem disponibilizou os "ditos" ;)relatórios e a quem os publicou... (não vou copiá-los na íntegra, é óbvio, mas vão dar-me uma ideia que espero me seja útil.)
Posso falar?? (diria eu para os meus alunos.)
Caros colegas, vejam bem como escrevem, como passam a vossa mensagem nas palavras e nos conteúdos.
Estou farta de rotularem por incompetentes uma classe que me ensinaram a respeitar tanto. Basta, vamos estar disponíveis para, em tudo, sermos exemplos.

Manuela Domingues disse...

Olá Ricardo.
Obrigada pela ajuda.
Os relatórios são uma boa ajuda.
Continua.

Anónimo disse...

O meu bem-haja pela partilha assim fossemos todos.
Reconhecida

Anónimo disse...

Ricardo, a si e às colegas que partilharam, o meu muito obrigada!
(Isabel)

Anónimo disse...

Muito obrigada pela partilha!!!

mmom disse...

Muito obrigada.

Anónimo disse...

quando vi estes relatórios nem queria acreditar, não por não ter capacidade para o fazer mas na minha escola anda tudo sem saber muito bem o que fazer, no final do ano estamos aterradoramente esgotados... um bem aja e obrigado

Anónimo disse...

Olá! Com a azáfama em que ando para dar resposta a tudo o que é pedido em relação à avaliação da turma, fiquei sem tempo para a minha avaliação. Muito obrigada! Já não me sinto tão perdida.

Anónimo disse...

OBRIGADÍSSIMA

tinaintrouble disse...

Agradeço a disponibilidade e é sempre de louvar atitudes como estas. Muito muito obrigada.
tina

Anónimo disse...

Muito obrigada pela partilha!
Um abraço

Anónimo disse...

É bom saber que ainda existem colegas com sentimento de entre-ajuda. Entre-ajuda essa essencial para quem está a começar.
Obrigada.

Anónimo disse...

Obrigada pela partilha

Anónimo disse...

bom dia a todos. Realmente é de louvar esta atitude Ricardo de partilha com os colegas.Preciso de ajuda. tenho que preencher um relatório tb, porém não sei como fazer, uma vez que não tenho componente lectiva. EStava na conversão da componente lectiva e por motivos de saude fui declarada incapacitada. O meu trabalho é unicamente com papeis e não com alunos. Se souberem de algum colega nesta situação, informem-me. Não faço ideia como preencher o relatório.

Anónimo disse...

Guia de elaboração do relatório de autoavaliação + exemplos de evidências + modelo de relatório (como elaborar) vi AQUI:
http://km-stressnet.blogspot.com/2011/07/relatorio-de-autoavaliacao-docente-como.html

Maria disse...

É de louvar que haja na nossa profissão ainda um "RICARDO" como este colega que assim tentou ajudar toda a nossa classe que infelizmente ainda não é unida como tentamos e eu já vou quase com 32 anos nisto...felicidades e obrigado

Anónimo disse...

Olá, colega
antes de mais agradeço a preocupação com os professores, mas queria pedir-lhe se me arranja um relatorio para coordenadores de estabelecimento pois é nessa vertente que vou ser avaliada.

Anónimo disse...

Agradeço a partilha das ideias aqui expostas.
E quanto aos relatórios dos professores bibliotecários? Haverá algum exemplo disponível?

Ana Almeida disse...

Obrigado pela partilha,
sem dúvida uma excelente ideia para ajudar todos os que , como eu, estão confusos com tanta legislação... papel e mais papel.
parabéns!

Gi disse...

Colegas estou incapacitada para a docência e colocaram-me nos serviços administrativoa da escola. Gostava de saber se há por aí colegas nessa situação e, se possível, me ajudem na forma de estruturar o Relatório de Auto-avaliação.
Obrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...