quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Lá, como cá...

A página do "Humans of New York" é daquelas que sigo religiosamente no Facebook. Hoje, porque apesar da distância a história nos é tão próxima, resolvi partilhar por aqui. 




1 comentário:

  1. O que esta colega diz é verdade. Mas em vez de assumirmos a postura de vítimas, com lamentações constantes (que sim, são verdadeiras!), temos de relatar estes factos com a maior objetividade possível.
    Assumir o papel de vítimas é assumir um papel sem força e apelar à "pena". O que nós queremos é respeito e não pena.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...