quinta-feira, 9 de julho de 2015

E no final... Não se vai concluir nada!

Dez escolas investigadas por notas inflacionadas

Comentário: É sem dúvida uma das notícias mais relevantes de hoje... Não será propriamente surpreendente se considerarmos as práticas concretizadas tradicionalmente em determinadas escolas privadas, que conseguem ter um número elevado de alunos em condições de ingressarem em Medicina (por exemplo) e onde, à exceção das disciplinas de exame nacional (que "sofrem" reforço" semanal), as restantes tem classificações mínimas (e não estou a falar de 10, 12 ou 14 valores).

E por falar em classificações mínimas, também existem rumores que os mínimos nas privadas podem ser determinadas pelo valor (variável) da mensalidade.

Adiante.

Se abordarmos esta prática da insuflação da classificação nas escolas públicas... Bem.. Já não será tão comum. No entanto, compreendo perfeitamente a tentação da aproximação ao ensino privado por uma questão de sobrevivência, mas já sabemos que quando a polémica "estala", no que ao ensino diz respeito, o "prevaricador" público é sempre maltratado em detrimento do privado. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...