quarta-feira, 25 de junho de 2014

O drama da eterna precariedade

Angústia atinge professores da Casa Pia 

Comentário: São 120 os colegas que apoiam crianças carenciadas na Casa Pia há vários anos, e que não conseguem ver a sua situação laboral resolvida. A par do que acontece a nível nacional, também aqui a questão dos contratos anuais e sucessivos deveria ser resolvido... E resolvido não através de "pensos rápidos" concursais, mas sim com o cumprimento dos normativos legais em vigor (não só na Europa, mas também em Portugal).

3 comentários:



  1. Penso que já foram publicadas as listas de ordenação

    ResponderEliminar
  2. Os colegas da Casa Pia que se façam A vida e não se queixem porque há muitos anos anos tem trabalho no mesmo sítio, vem o seu contrato renovado e ainda recebem pequenas fortunas a cada período de quatro anos por " caducidades de contrato".

    ResponderEliminar

  3. Invejoso, por isso a nossa classe não presta para nada,podiamos todos viver bem sem nada fazer mas aparecem estes invejosos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...