quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Recordações...

...num dia em que com um simples "clicar de rato" coloquei em sorteio os próximos anos da minha vida. Como eu, muitos outros colegas dos quadros (até 6 de agosto). Seguem-se (eventualmente a 7 de agosto) os colegas contratados... Depois é esperar e (para alguns) desesperar.

Vejam lá se não deixam a candidatura para os últimos dias... Olhem que as aplicações informáticas do MEC não são conhecidas pela sua rapidez e fiabilidade. ;)

Música dos "Midnight Oil" - (Tema: Beds Are Burning)

8 comentários:

  1. Muito boa sorte Ricardo, bem mereces. Eu já nada espero deste concurso :-(

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado. O seu blog é a minha leitura diária e obrigatória. Felizmente continuo na mesma escola e este ano tenho horário. Para si desejo que tudo lhe corra bem. merece-o pela sua lucidez, disponibilidade, seriedade e sentido ético. Bem haja! Regina Teixeira

    ResponderEliminar
  3. Muita sorte para si, Ricardo. Que esse "clicar de rato" signifique trabalho próximo da família e numa escola 5*****.
    Boas férias e bom descanso. Muito obrigada pela presença e auxílio constantes.

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde. Será que me consegue esclarecer uma coisa? Eu tenho lugar no meu QA mas como estou longe pretendo concorrer. Se conseguir vaga para o próximo, nada me garante que será por quatro. Caso deixem de precisar de mim, volto à minha escola de quadro no ano seguinte? vou para a mobilidade especial? Será mais seguro não concorrer?

    ResponderEliminar
  5. O excesso de garantias e direitos adquiridos chega ao fim com o pretexto da crise para varrer tudo a direito.
    Não há equidade e igualdade entre os cidadãos, enquanto se olhar para dentro de uma instituição do estado, onde entre 100 funcionários exemplares existem 10% de oportunistas que levam metade do tempo de baixa e outra metade em greve de zelo e os profissionais que fazem o seu serviço são contratados pelo sistema sem a menor garantia.
    Mudam as regras drasticamente e os que sempre cumprem arricam-se a ficar pelo caminho. Chegar aos 65 anos a lecionar uma turma de 1ºciclo (com alunos a confundirem-nos com o avó é de um gosto e eficácia duvidosa) .
    Há ainda outros a pretexto de defender a classe deixam de fazer parte dela com a cumplicidade do poder instituido.
    No meio desta dança macabra somos meros número sem rosto mas com uma palavra a dizer...

    ResponderEliminar
  6. Boa sorte, Ricardo! Toda a sorte do mundo!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...