domingo, 14 de abril de 2013

Concurso nacional de docentes 2013/2014: Os novos quadros de zona pedagógica

Como todos os colegas saberão, neste próximo concurso nacional os 23 QZP serão reduzidos a 10... Obviamente que ainda terá de ser publicada em Diário da República a respetiva portaria para que esta alteração tenha efeito legal, no entanto, e uma vez que as negociações terminaram nada haverá a fazer.

Assim, os novos QZP são os que se seguem:

Zona 1 - reúne os ex-QZP de Braga (03), Viana do Castelo (16), Porto (13) e Tâmega (22).

Zona 2 - reúne os ex-QZP do Douro Sul (20), Vila Real (17) e Bragança (04).

Zona 3 - reúne os ex-QZP de Entre Douro e Vouga (21), Aveiro (01) e Viseu (18).

Zona 4 - reúne os ex-QZP de Coimbra (06) e Leiria (10).

Zona 5 - reúne os ex-QZP de Castelo Branco (05) e Guarda (09).

Zona 6 - reúne os ex-QZP do Oeste (19) e Lezíria e Médio Tejo (14).

Zona 7 - reúne os ex-QZP de Lisboa Ocidental (23), Cidade de Lisboa e Zona Norte de Lisboa (11), e Península de Setúbal (15).

Zona 8 - reúne os ex-QZP do Alto Alentejo (12) e Alentejo Central (07).

Zona 9 - corresponde ao ex-QZP do Baixo Alentejo/Alentejo Litoral (02).

Zona 10 - corresponde ao ex-QZP do Algarve (08).

44 comentários:


  1. Frustante esta redução? penso que peca por serem ainda demasiados,5 eram o ideal

    ResponderEliminar
  2. Não sabes o que dizes. Coitadita. Pobre Carolina...

    ResponderEliminar
  3. Pois, eu concordo com a Carolina! Isto de ficar com um suposto horário zero e depois ficar colocado(a) à porta de casa é um peluda e os outros , mais graduados, têm que ficar na sua escola. Não acho justo

    ResponderEliminar
  4. Só espero que os que responderam de forma tão ordinária à Carolina não sejam professores. Depois admiramo- nos com o que dizem sobre nós professores...

    ResponderEliminar
  5. Não devem ser professores! Pois não perceberam a ironia da Carolina!

    Ainda vou mais longe que a Carolina, podiam fazer só duas zonas:
    Zona 1: Acima do Tejo
    Zona 2: Abaixo do Tejo.


    Este governo e este ministro da educação também já podiam ir para um sitio que eu cá sei...

    ResponderEliminar
  6. Eu sou mais radical: zona úníca - Portugal... com opção de emigrar para Espanha em caso de horário 0...

    ResponderEliminar
  7. Dúvida: Os contratados de acordo com o DL 132/12 eram obrigados a concorrer a 2 QZPs. Agora com as Zonas, como é? Basta concorrer a uma zona( que já abrange vários qzps) ou temos de concorrer a 2 zonas?

    Obrigado

    ResponderEliminar

  8. A Carolina o que quer é que alguém lhe coce o grelinho

    ResponderEliminar
  9. Tenho a mesma dúvida Bruno. Esta obrigatoriedade parece-me tudo menos legal. Mais uma estupidez que deixaram passar.

    ResponderEliminar
  10. A discussão acima fez-me lembrar porque é que me limito a ver os factos e não os comentários; todos têm direito a opinião, mas a liberdade dos outros termina onde começa a minha ou vice-versa! Professores ou não...

    ResponderEliminar
  11. O que é certo é que no concurso de 2009, os QZPs. ficaram em escolas de cidade e periferia e os do QE/QA ficaram nas suas escolas a dezenas de Klms da sua residência.

    ResponderEliminar
  12. Que seja respeitada a lista graduada! É para isso que ela serve!

    ResponderEliminar
  13. Só pode mesmo ser a crise financeira por que estamos a atravessar o motivo pelo qual corremos o risco de ter uma crise de valores que leva a que as pessoas teçam comentários tão desrespeitosos, deselegantes e a raiar o ordinário... "Pelejai, Portugueses!" Que Vítor Gaspar não nos leve a educação toda...Vai levando os quadros, levando as zonas, mas que não leve a nossa formação!!!!Independentemente de se concordar com a opinião do outro,acima de tudo, deve-se respeitá-la. Pensei que todos saberíamos isso!!! Somos pós 25 de Abril, certo!!!!!
    Cara Carolina, percebi a sua intervenção e, perceberei, também a sua indignação, mas se num blogue, há pessoas que reagem desta forma, quem poderá criticar os políticos??? É que esses mandam... Com 23 ou 10 zonas,espero, sinceramente, que todos possamos ficar a trabalhar e contribuir para desenvolver jovens mais sábios, mais felizes e...que saibam comentar um comentário!!! (Passe o pleonasmo!)

    ResponderEliminar
  14. Vou tentar a minha sorte pelo Sul. Pelo menos tenho bom clima e praias.

    ResponderEliminar
  15. humm eu acho que falta o quadro de zona emigrante.....

    ResponderEliminar

  16. SOIS UNS TRISTES OPORTUNISTAS E DEMAGAGOS.

    SE EXISTEM POUCOS ALUNOS PARA QUE SÃO PRECISOS TANTOS PROFESSORES E FORMADOS COM NOTAS ALTAS (CLARO NO PIAGET)? RUA COM A MAIORIA DOS PROF. DO ENSINO BÁSICO, POIS É AQUI QUE ELES ATÉ SE ESTORVAM, E NÃO OS DO SECUNDARIO.

    E AINDA CONTRATAM MILHARES PARA PARA DAR APOIS E AECS, ISTO É LAMENTÁVEL E VERGONHOSO.

    ResponderEliminar
  17. Sim cara Alda, sou um oportunista porque procuro a oportunidade de trabalhar honestamente como professor.

    Se existem assim tão poucos alunos porque razão os temos aos trinta nas salas de aula?

    Se se contratam milhares de docentes para apoios e afins porque motivo sempre que os pedi para os meus alunos não os recebi?

    Por fim, não sei se sou um demagago, confesso não saber o que tal é. Mas, certamente, não me tentava insultar.

    Ricardo Lopes

    ResponderEliminar

  18. NÃO ME CONVENCES A MIM E AOS QUE SÃO SÉRIOS, DOU-TE UM CONSELHO OLHA? VAI TRABALHAR MALANDRO.

    TENS 30 ALUNOS? NO BÁSICO? TAMBÉM DEVES SER DOS QUE TIRASTES O CURSO NO PIAGET. OS SECRIFICADOS SÃO SIM OS DO ENSINO SECUNDÁRIO, OS DO BÁSICO NADA FAZEM E NAS ESCOLAS PROF. SÃO COMO FORMIGAS TODOS SABEMOS ISSO, E OS DO GRUPO 260? ENTÃO ESTES NEM SE FALA É UMA AUTENTICA TETA.

    ResponderEliminar

  19. Tens razão Alda, eles não gostam que se digam as verdades

    ResponderEliminar
  20. Alda,
    eu não tirei nada no Piaget. Não sei quem a licenciou a si para dar aulas mas deixe-me que lhe diga uma coisa:
    não é "tirastes" mas sim "tiraste".

    Nunca mais vem a merda da PI para afastar esta gente que tão bem fala e escreve das salas de aula..
    Devia ser só sobre comunicação/fala e escrita, o raio da prova.

    ResponderEliminar
  21. cara Alda,

    És uma anedota e a falta de educação vê-se nas tuas letras maiúsculas. Deves ser uma frustrada...

    Coitada... até metes dó.

    Qual é o teu trauma?

    ResponderEliminar
  22. Insultos, erros ortográficos, acusações sobre a forma como se fez o curso...
    Palavras para quê?
    É o professorado português.

    ResponderEliminar
  23. Cara Alda, se a convenço ou não, devo dizer que não é o meu objectivo.
    No entanto, se eu não assumo nada sobre si, pois nada sei, esperaria que tivesse a decência de me estender a mesma consideração.

    No meu comentário não disse ser docente do ensino básico ou do secundário, pelo que a sua consideração é isso mesmo: sua. Neste caso é errada.

    Não realizei a minha licenciatura no Piaget, mas sim na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, mas jamais apontarei a quem de bem e com rigor a realizou lá. Esperaria que fizesse o mesmo.

    Bem sei que estes comentários que bóiam na Internet, fruto do anonimato aliado à rudeza de espírito de muitos, são tipicamente de tom áspero e trocista mediante tudo e todos. Mas seria bom se os nossos discursos fossem pautados por respeito.

    Apesar do que possa supor eu respeito a sua opinião apesar de discordar dela. E não necessita gritar (Caps Lock) para ser ouvida.

    Ricardo Lopes

    ResponderEliminar
  24. Será que esta questão dos QZP não acabará em tribunal (relembro o caso do vínculo extraordinário)?! Se um funcionário público não pode ser colocado a mais de 60km de distância da sua residência sem a sua concordância, como fica esta questão? A concordância e aceitação foi a relativa aos 23 QZP! Penso que a FENPROF falou em apresentar queixa do MEC...

    ResponderEliminar
  25. Estive a ler os comentários da Alda...Que barbaridade! Como é que pessoas deste calibre foram ou são professores. Será que respeita os seus alunos?!... Não acredito! Nem respeito tem pela classe quanto mais por profissionais menos qualificados.
    Que aberração..Meu Deus... Nem dá para acreditar.

    ResponderEliminar
  26. Alda...
    É por si e outros como você que o bom nome da classe anda de rastos.
    Só uma pessoa muito frustrada é que pensa assim...LOL...

    ResponderEliminar
  27. Dou os meus parabêns a toda a equipa do ProfsLusos pelo excelente trabalho que fazem.
    A unica coisa que me desagrada é que a muitas vezes os comentários que surgem aos posts são muito de baixo nível e desajustados. Frequento outros blogues de educação onde não acontece o mesmo, não sei porque se verifica neste blogue comentários tão desagradáveis, é uma pena.

    ResponderEliminar
  28. Para PIpaII: Infelizmente existem aqui pessoas que são detentores de fortes ódios de estimação. Inveja? Frustração? Quem sabe... Aquilo que escrevem reflete o que lhes vai na alma e o que se vê não é realmente agradável.

    No entanto, nada posso fazer se os colegas reagirem às provocações. Se não reagirem eu apago os comentários rapidamente. Este blogue não é um espaço de anarquia.

    Mais, por vezes o mesmo autor (por norma, autora) dos comentários desagradáveis acaba por comentar os seus próprios comentários mas mais adiante no tempo. Bipolaridade... eventualmente.

    ResponderEliminar
  29. Ricardo Montes, mesmo com respostas (por sinal inteligentes) por parte dos colegas, podia apagar aqueles comentários menos dignos que em nada contribuem (de forma construtiva) para este blogue ou para esclarecer dúvidas a colegas.
    E mesmo que tivesse que apagar as respostas dos colegas, com certeza que eles não se importariam (se algum dia for alguma resposta minha a uma provocação tola, pode apagar sem problema)
    Obrigada mais uma vez pelo seu trabalho e paciencia para aturar gente menos cidadã (a minha mãe deu-me uma boa educação).

    ResponderEliminar
  30. Para Maria Antonieta: E a tua sugestão será implementada.

    Obrigado.

    ResponderEliminar

  31. Nada tenho haver com esta polémica, mas os colegas que se insurgem contra a opinião de outros que partilham outras opiniões diferentes, devem ser respeitados, não estamos na Coreia do Sul nem na China,sejam democráticos e respeitadores de todas as opiniões.

    Dou os parabéns ao Ricardo Montes por não se deixar instrumentalizar por alguns colegas com tique de ditadura.

    ResponderEliminar
  32. Para Carlos Cavaleiro: Se essa discordância for concretizada de forma respeituosa (sem insultos e invejas pessoais) não tenho nada contra.

    Caso contrário, a democracia de uns tem de ser travada quando a de outros começa a ser atropelada.

    ResponderEliminar

  33. Quero corrigir em cima no meu comentário era Coreia do Norte e não Coreia do Sul, peço desculpa.

    ResponderEliminar
  34. O que para aqui vai. Ricardo, se calhar era preferível ativar a moderação de comentários... Há gente que está a pifar. :)

    ResponderEliminar
  35. E quanto à obrigatoriedade de concorrer a um mínimo de 2 QZP's para os contratados? Os sindicatos já se preocuparam com isso? Sei que há outros problemas a resolver... mas convém não esquecer alguns deles...

    ResponderEliminar
  36. Nuno Cunha, esse já não é um problema, é já uma realidade... Isso foi discutido no ano passado, e já está explícito na lei (Dec-Lei 132/2012)..

    ResponderEliminar
  37. Pelo que entendo já não existem QZPs, mas sim Zonas, apenas! De facto não faz qualquer sentido concorrer obrigatoriamente a dois QZPs, pois esses já não existem enquanto tal, mas sim agrupados em Zonas! (Ainda não entendi como foi possível ficarem apenas 10. Negociação misteriosa essa!!)

    AP

    ResponderEliminar
  38. Desculpem-me, mas o que tenho estado a ler não me parece conversa de adultos da classe docente,como querem que haja respeito por nós, se se ofendem e criticam, como querem ser respeitados na sala de aula, se não se dão ao respeito? Acerca dos concursos ninguém pode mandar pitada, pois estamos todos sem saber nada, e espero que todos sejam colocados, seja cá ou na cochichina, pois é,é que neste momento só existem duas zonas clarissimas, uma Portugal e a outra o resto do mundo. E qualquer dia concorremos para o resto do mundo, porque em portugal não hálugar....

    ResponderEliminar
  39. Caro Prof. Infinito, mesmo sendo realidade, não deixa de ser um problema...

    ResponderEliminar
  40. Alguém me pode explicar porque razão o Douro Sul passou para o norte: Vila Real e Bragança?
    Não faz sentido, não tem lógica. Todos os agrupamentos estão na margem sul do Douro e pertencem ao distrito de Viseu, apenas Cinfães pertence ao Porto e Vila Nova de Foz Côa pertence à Guarda.
    Ao que me parece alguém precisa muito de ir para a margem norte do Douro!? Porque não encontro outra lógica.

    ResponderEliminar
  41. Na Guarda é a mesma coisa...
    As pessoas fazem mais vida em Viseu e continuam a colar-nos a Castelo Branco... porque será?

    ResponderEliminar
  42. não sou professora. vim aqui tentar perceber se para o ano íam ou não acabar com as AEC's, mas fiquei assustadissima com os comentários.

    ResponderEliminar
  43. Pois, tratando-se de um blog, qualquer um poderá ler e tecer os comentários que bem entender. Democrático ou não, concordo com o que foi sugerido anteriormente de que se ative a moderação dos comentários. Tenho para mim que as pessoas que deixam ficar estes comentários indecentes não são professores. Mas quem é esta senhora (que provavelmente até é um homem) para falar do ensino que se pratica nas instituições de ensino superior e dos colegas deste ou de outro grupo? Acaso frequentou-os todos para ter motivo de comparação dos mesmos? E qual é o problema com os colegas de Educação Física. Eu sou de Biologia e Geologia e tirei o meu curso, Via de Ensino na FCTUC. As suas palavras não me afetam diretamente mas afeta-me e muito a forma como fala da classe à qual pertenço. Moderem-se os comentários, por favor. Filtre-se o LIXO que alguns querem ver publicado.

    ResponderEliminar
  44. Sabem de quem é a culpa do nº elevadíssimo de professores???? Vocês professores querem milagres???
    Não há crianças suficiente....

    Há uma década houve um bum, um excesso de alunos que foram tirar cursos de professores..muitos deles pagaram-nos...ou seja íam para as particulares entravam com média negativa...não sabiam nada!!! então matemática era zeroooo.... copiavam ..entravam como saiam sem saber nada!!!!acho que essas que quando lerem isto lhes vai servir a carapuça.....

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...