terça-feira, 15 de novembro de 2011

Força, Paulo


Comentário: Quem costuma visitar o blogue do Paulo, saberá certamente o que está a passar. Para os que encontram um pouco a leste dos acontecimentos, eu faço um resumo:

No dia 7 de Outubro, o Paulo Guinote elaborou uma análise crítica fundamentada de uma peça jornalística elaborada por um jornalista de seu nome Paulo Chitas. Este último ficou profundamente desagradado com alguns dos adjectivos utilizados no post em questão e vai daí... surge um processo por difamação agravada movido contra o Paulo Guinote.

Feito o resumo, quero expressar para com o Paulo a minha total solidariedade, estando convicto de que a verdade dos factos será reposta.

10 comentários:

  1. O Paulo que se amanhe...não é vitima, mas réu.Foge-lhe demasiadas vezes o pé para o chinelo.

    ResponderEliminar
  2. Sem comentários, para o comentador anónimo! Bem se vê que não acompanha aquilo que o PG tem feito pelos professores! Ou talvez acompãnhe e seja mais um com dor de cotovelo!

    ResponderEliminar
  3. Ricardo, falta esclarecer aqui (há quem não saiba), porque surge a sinistra nesta história: é a principal testemunha do lado de Paulo Chitas, o queixoso.
    Assim: Maria de Lurdes Rodrigues contra Paulo Guinote.
    É evidente que não estou nada de acordo com o Anónimo: Paulo Guinote é pessoa de bem e muito educado. Se assim não fosse, muita careca já teria ficado a descoberto.

    ResponderEliminar
  4. Essa também nunca mais morre?

    ResponderEliminar
  5. Então?!! Toda a gente percebeu que o Chitas não percebe nada da chita. Matemática já sabemos que não é com ele, portanto, mesmo com a Milú pelo meio, deve dar qualquer coisa como: "noves fora, nada!". Tem a chatice de incomodar ligeiramente como qualquer comichão. Coça-os que eles merecem!

    ResponderEliminar
  6. é este tipo de idiotices que não deixa o país evoluir...
    entupir os tribunais com coisas destas, enfim...
    é o nível de governantes que temos tido e está tudo dito...

    ResponderEliminar
  7. A força estará connosco!

    Ao anónimo #1: ainda bem que alguém acha que o que o Chitas escreveu estava correcto pois sempre se descobrem certas "posições".

    ResponderEliminar
  8. E já passei de arguido a réu. Há quem sinta sempre aquela vontade de sangue...
    :D

    ResponderEliminar
  9. força,Paulo.
    leitora atenta do seu blogue.

    ResponderEliminar
  10. No fundo é sempre isto...novembro 19, 2011 10:34 da tarde

    Como funciona o capitalismo: primeiro foge-se ao fisco e transfere-se esse dinheiro para off-shores. Depois já fazemos parte daquilo que se chamam os mercados, ou seja já temos dinheiro para investir em especulação. Podemos tambem investir em negocios à base de mão de obra barata, deslocalizando capitais para países mais pobres. Podemos tambem usar o dinheiro para corromper os políticos, lesando estados. O resultado destas acções é o desvio de cada vez mais dinheiro para fora da economia, engordando a nossa condição de investidores (mercados).

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...