sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Bom fim-de-semana...

Por hoje terminaram as actualizações... A música que se segue é ligeiramente diferente do habitual, mas é excelente para "lavar a alma". Portem-se bem... Tudo de bom para vocês.

Até amanhã.

Música das "Celtic Woman" - (Tema: The Voice).

2 comentários:

  1. Olá. Antes de mais, quero agradecer-lhe pois possui um blog fantástico, ao qual recorro muitas vezes.
    Tenho algumas dúvidas, caso me conseguisse responder agradecia. Encontro-me a tirar o curso de Educação Básica. Gostaria de saber:

    -O que é necessário para aceder ao período probatório? Existirem vagas? Ou somos automaticamente colocados no período probatório mal passamos na prova de ingresso?
    -Já se sabe em que ano será realizada a prova de ingresso pela primeira vez?

    Peço desculpa pelo incomodo...

    ResponderEliminar
  2. Apertem com o Nogueira que ele tem de dizer publicamente se concorda com esta pouca vergonha:
    maria Says:

    Janeiro 23, 2010 at 3:11 pm
    Já aqui coloquei, há dias, um e-mail do Mário Nogueira.
    Das várias questões que lhe coloquei, apesar de não ser sindicalizada, pois eu, como professora, penso ter direito a algumas respostas, quando é sobre a minha carreira que se tecem urdiduras, lá, no olimpo, onde só se sentam alguns deuses,
    só respondeu a uma, que estava a criar grande perplexidade a vários colegas do índice 245, pois ninguém entendia para quem era a subida para o 299, com 6 anos de serviço no índice.
    Pois é…Com todo o respeito que me merecem os professores bacharéis, que estavam impedidos de chegar ao antigo 10º escalão, são esses, os famigerados incógnitos, que progridem para o 299 e que agora, sem constrangimentos, chegam agora ao 370.
    Se calhar é inveja, que não mata, mas mói.
    É a vida, dirão alguns. Pois é.

    «Colega,

    Na verdade a situação do índice 245 ficou confusa, precisamente pelo facto de ser necessário encontrar uma situação legal que estabeleça uma saída justa para a situação. Repare que no índice 245 encontravam-se diversos tipos de professores: os que eram titulares, os que não sendo titulares e encontravam no anterior 8.º escalão e, contrariamente ao que refere, mais um grupo de quase 700 professores com o tempo de serviço necessário para progredirem (6 anos). É que na carreira também existem professores bacharéis e outros reposicionados por obtenção de grau académico que estão distribuídos pelos diversos escalões.

    Agora, em sede de tradução legal dos princípios previstos no texto, teremos de ver com rigor cada uma das situações, mas essa é a negociação que se iniciará no dia 20 de Janeiro. É preciso ter em atenção que se trata de um acordo de princípios gerais e não um articulado legal.

    Com os melhores cumprimentos, Mário Nogueira»

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...