terça-feira, 22 de setembro de 2009

O futuro dos blogues de professores.

No Público a 14/09/2009: "Quando, ironicamente, louvaram a ministra da Educação, Maria Lurdes Rodrigues, por ter conseguido unir uma classe tradicionalmente desunida, os autores dos blogues sobre Educação e os representantes dos movimentos de professores independentes dos sindicatos não estavam a brincar. É por isso mesmo que levam a sério o vazio que, acreditam, será gerado pela perda desse factor de união a partir de dia 27. E que se preparam, desde já, para o dia seguinte às eleições. Com um aviso: venha quem vier a governar o país poderá contar com uma vigilância "activa" de quem não tenciona "perder o cheiro a balneário".

Paulo Guinote fez encher uma caixa de comentários com agradecimentos e despedidas emocionadas quando, anteontem, anunciou no seu blogue A Educação do meu umbigo que, a partir de Outubro, em vez de uma dúzia, passará a escrever dois ou três textos por dia. Ramiro Marques fez acender vários alertas quando no seu blogue Profavaliação decidiu lançar o debate sobre aquilo que, após as eleições, poderá acontecer aos blogues e aos movimentos de professores.
(...)
Correm, então, o risco de verem pulverizados os respectivos blogues? De maneira nenhuma, reagem Paulo Guinote e Ramiro Marques, que não escondem, até, o alívio por poderem trocar a contestação pela reflexão e construção de propostas alternativas. Consideram, ainda, que terão sempre um papel de "pressão e de vigilância sobre o poder político. E, deste, também os movimentos independentes de professores não abrem mão.

"Em relação aos sindicatos, temos esta enorme vantagem de sermos verdadeiramente independentes, de termos uma estrutura bastante ágil e de mantermos o "cheiro a balneário" de quem vive o dia-a-dia das escolas. Se houver motivos para tensões, a nossa capacidade de mobilização mantém-se inalterável", avalia Ricardo Silva, da APEDE (Associação de Professores e Educadores em Defesa do Ensino).

Tal como Octávio Gonçalves, coordenador do movimento Promova (Professores Movimento de Valorização), Ricardo Silva está disposto a, para além de manter a vigilância, colaborar na construção de soluções. E ambos recusam liminarmente a possibilidade levantada nalguns blogues de os movimentos se virem a juntar para formarem um sindicato independente. "Não somos profissionais de luta, mas de ensino", justifica o dirigente da APEDE. "Entrámos nesta luta como professores e dela sairemos como professores", reforça Octávio Gonçalves.

Já Ilídio Trindade, do Movimento para a Mobilização e Unidade dos Professores (MUP), deixa no ar que o MUP "pode vir a assumir uma forma que lhe permita ser mais interventivo". "Caso os motivos de insatisfação se mantenham, será necessário garantir mais eficácia e capacidade de negociação", explica. Mas não confirma que o movimento se vá constituir num sindicato, nem dá a certeza de que se virá a verificar alguma alteração. Diz que a estratégia ainda está a ser definida e que será anunciada antes das eleições.

E uma vitória de José Sócrates? Será uma derrota dos professores? Todos dizem que não, mas Ricardo Silva é o mais enfático. "Não precisamos de ir mais longe: há um ano alguém imaginava que hoje não se pudesse conceber outro resultado que não o de uma maioria relativa? Alguém calculava que a Educação tivesse tal peso nos programas eleitorais de todos os partidos? Não e, nesse aspecto, a vitória já é nossa"."

Ver Artigo Completo (Público)

------------------------
Comentário: Não sei até que ponto a eventual viragem legislativa irá provocar o encerramento dos blogues dos professores. Depende do panorama futuro, no entanto, alguns certamente verão o fim dos dias... Outros irão diminuir o ritmo das actualizações... Mas também muitos outros aparecem e com grande qualidade. Quem é que nos pode censurar?! São vários anos de luta e por vezes, são horas diárias "gastas". Horas que poderiam ser revertidas para aspectos pessoais ou mesmo profissionais.

Certamente que o cansaço já acusa e é complicado manter um ritmo acelerado de contestação e de posts, por muitos anos. Eu próprio terei de abrandar o ritmo das actualizações, não por falta de "material", mas porque uma "nova" vida (como devem saber, casei há cerca de um mês) acarreta novas responsabilidades. No entanto, e no que me diz respeito, este blogue irá continuar enquanto for útil... Como vocês sabem, este blogue foi criado para satisfazer a minha curiosidade em termos de legislação (e por arrasto, auxiliar outros colegas) e não como forma de combate partidário ou de discordância para com as políticas educativas. Evoluiu para aí, mas não permaneceu por lá durante longos períodos de tempo. Quando é necessário, este blogue alerta para injustiças, contesta, mas também informa e esclarece.

Assim, não posso declarar um "baixar as armas" antecipado, quando ainda não sei o que irá acontecer no dia 27 de Setembro. É uma tremenda incógnita e de nada valem os compromissos das restantes forças partidárias. Conhecemos apenas promessas relativamente vãs, mas não o essencial da alteração (essa, só mesmo após as eleições legislativas). Também não acredito que outros "baixem as armas", iludidos por uma eventual mudança de cor política. Parece-me mais cansaço prolongado que desistência. Certamente que se for necessário, eles ressurgirão com toda a força. Quanto a este, bem... Lá terão de me aturar por mais uns tempos.
------------------------

5 comentários:

  1. Olá Mário!

    Este governo tem que cair. Venha quem vier a educação não mais será c omo até agora. Juntos vamos derrotar este PS socrático!

    Circula por aí que os funcionários públicos estão também eles, a lutar contra este governo e a apelar ao voto contra o PS...

    ResponderEliminar
  2. Desculpa Ricardo a troca do nome, chamei-te Mário puro engano. Sorry!

    ResponderEliminar
  3. Olá Ricardo, estás bom?

    Olha eu então toda contentinha por ter sido colocada, e o meu obstetra pôs-me em casa de molho, com uma gravidez de alto risco, porque a princesinha está a ver se vem mais cedo conhecer os papás e ainda é muuuuito cedinho...... E tu cheio de trabalho.... mas antes assim, é bom sinal.....

    Olha, eu de todos os blogs q conheço, o teu é o único ao qual venho mesmo assiduamente, mesmo nem sempre deixando mensagem.... Gosto porque gosto de ler as novidades, porque estás sempre actualizado com informações importantes, legislação, ofícios, coisas novas que saem e para as quais devemos estar atentos.

    Confesso que as alturas em que menos gostei de vir aqui (não quer dizer que não gostei, apenas que gostei um bocadinho menos...) foi das vezes em que se falou de política. Isto porque acho que tens feito um trabalho espectacular neste blog, (já seguia o anterior como sabes), e sempre te mantiveste afastado de quezílias políticas.
    Independentemente qual seja a cor do meu voto, de concordar ou não com aquilo que tu achas, se viesse aqui e estivesses constantemente a falar de política, eu não viria com tanta frequência, porque não foi assim que me habituei a ver este blog, e o teu trabalho.

    Acho ridículo que bloguistas deixem de escrever a mesma quantidade de posts porque não estão de acordo com quem ganha as eleições. Bem, blogs que estamos habituados a ler como sítio para esclarecimento de dúvidas, claro....

    Portanto mantém-te com o juizinho que tens tido, a fazer o trabalho que tens feito e muito bem, e todos agradecemos, e deixa lá as politiquices de lado, acho que fazes muito bem em separar as águas. Eu cá fico muito feliz e grata por te aturar mais uns tempos, que espero que sejam longos.
    Mas... nada de descurar agora a tua princesa, toca a investir na tua vida de casado. Se for por isso que não actualizas tanto o blog, é por um dos melhores motivos. Espero que esteja a correr tudo bem convosco. Beijoquinhas grandes!

    Sónia B.

    ResponderEliminar
  4. O Safira os professores não são funcionários públicos?? Se calhar está a falar dos funcionários administrativos e outros das Escolas, não é verdade??

    ResponderEliminar
  5. Para Sónia B: Aqui por Vila Real está tudo bem... Felizmente. Fiquei foi preocupado com aquilo que escreveste. Gravidez de risco?! Ui... Bem, mas tenho a certeza que tudo vai correr bem. E já me esquecia: Parabéns aos pápás! ;) Fico muito feliz por ti. Mesmo...

    Quanto ao trabalho não me posso queixar. Muitos outros nada têm para se queixar.

    Fico feliz por continuares a vir aqui à «casa». Espero poder continuar a actualizar este blogue com regularidade. Mas o tempo e a evolução da minha vida familiar irão ditar o futuro.

    Quanto à política, todos (ou quase) sabem qual é a minha tendência política. Não faço questão de convencer ninguém para o que quer que seja. Quem vem aqui é adulto e com formação. Estes últimos anos legislativos "falam" por si...

    Novamente parabéns, Sónia. Quando nascer o teu rebento diz qualquer coisa, ok?

    Beijo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...