quarta-feira, 18 de junho de 2008

Professores Contratados (iniciativa FENPROF).

No sítio da FENPROF a 17/06/2008: "Milhares de jovens docentes profissionalizados poderão ser atirados para o desemprego por uma medida contida no Estatuto da Carreira Docente que o Governo impôs aos professores e educadores portugueses: a chamada "prova de ingresso na profissão". Muitos deles já prestaram serviço docente, mas correm agora o risco de serem apanhados na armadilha que o Ministério da Educação concebeu.
(...)
Ao impor a esses docentes a realização de uma prova em que, para serem aprovados, se exigirá aos examinados que obtenham 14 valores em cada uma das suas componentes, torna-se óbvio que a intenção do Governo é, de facto, reduzir o desemprego nos professores, mas da forma mais perversa: retirando a qualidade de docentes aos desempregados que, assim, acrescentarão apenas mais umas décimas à elevadíssima taxa de desempregados portugueses. As cadeias de hipermercados, bem como a construção civil espanhola agradecerão o reforço da oferta!

Após a conferência de Imprensa, a FENPROF vai entregar ao ME e a todos os Grupos Parlamentares da Assembleia da República uma carta subscrita por mais de seis mil professores e educadores ameaçados pelo ME, em que se defende a revogação da legislação sobre esta "prova de ingresso", dando, assim, cumprimento a mais uma decisão aprovada pelos cem mil Professores e Educadores que participaram na extraordinária Marcha da Indignação, promovida pelo movimento sindical docente no passado dia 8 de Março. (...)"

Ver Artigo Completo (FENPROF)

------------------------
Comentário: Mais vale tarde que nunca! Assim, as Comissões Sindicais de Professores Contratados e Desempregados, irão reunir-se e deslocar-se à Assembleia da República e ao Ministério da Educação, a 18 de Junho (amanhã). Os objectivos desta iniciativa, são: avaliar a acção desenvolvida em defesa da estabilidade de emprego; participação na luta contra a precariedade; participação dos jovens professores; e discussão de medidas a tomar na sequência da entrega da Petição à Assembleia da República.

Na verdade acho que a FENPROF se está a mexer, pois estava a "ver" que o "comboio da Prova de Acesso" estava a passar e o protagonismo estava a ser nulo. Para além disso, há o elevado número de professores contratados (e sindicalizados) que começavam a olhar de soslaio para a ausência de interesse. Volto a afirmar que, esta "Prova de Acesso" já deveria ter sido alvo de negociação há muito!! Com a excepção da petição do Movimento Democracia, nada se fez até agora. Este súbito interesse faz-me suspeitar que essa prova deve estar para breve... E como os sindicatos sabem (quase) sempre mais do que nós, o melhor é estarmos atentos.

Mas volto a afirmar: Mais vale tarde que nunca!!

------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...