sexta-feira, 17 de novembro de 2006

Vila Real: Ministra da Educação recebida com protestos.

No Diário Digital a 17/11/2006: "A ministra da Educação disse esta sexta-feira aos professores e alunos da Escola Diogo Cão, em Vila Real, que a receberam com protestos, que o Ministério "está a trabalhar para encontrar as soluções mais adequadas a cada escola".

À entrada na Escola EB 2,3 Diogo Cão, Maria de Lurdes Rodrigues ouviu as dezenas de alunos que a esperavam gritar "está na hora da ministra ir embora".

Enquanto isso, pouco mais de uma dezena de professores ocuparam o passeio frente à entrada principal da escola empunhando faixas de protesto onde se po dia ler "Professores e educadores todos juntos em luta por um estatuto profissional e valorizado" ou "Por uma Estatuto da Carreira Docente a luta continua".

A governante reagiu com um sorriso aos protestos, argumentando que "a recepção foi simpática".

"Os alunos são adolescentes e alguns crianças. Os professores são adultos e distinguem muito bem as matérias laborais das matérias profissionais e o facto de protestarem não significa que sejam menos profissionais", salientou.

Quanto aos protestos dos alunos do ensino secundário em vários pontos do país contra as aulas de substituição, que na quinta-feira culminaram com a realização de uma greve e encerramento de algumas escolas, a ministra considerou tratar-se de "problemas residuais".

"Estamos a trabalhar no sentido de encontrarmos as soluções mais adequa das para cada escola", frisou.

Disse ainda que, após uma reunião na quinta-feira com responsáveis dos conselhos executivos do Norte, concluiu que, em muitas escolas, já se conseguiu reduzir "para zero por cento o incumprimento do programa escolar".

Hoje os professores protestavam contra um Estatuto da Carreira Docente (ECD), que afirmam degradar a profissão e a função social dos professores.

A divisão da carreira em duas categorias (professor e professor titular) e a introdução de quotas para aceder à segunda e mais elevada são os aspectos mais contestados pelos docentes, assim como a avaliação de desempenho dependente de critérios como os resultados escolares e as taxas de abandono dos alunos.

Maria de Lurdes Rodrigues deslocou-se hoje a Vila Real para participar na assinatura do protocolo de cedência do pavilhão desportivo do Instituto do De sporto de Portugal ao Agrupamento de Escolas Vertical de Escolas Diogo Cão.

"Este é um exemplo que devemos replicar, pois não podemos esquecer que objectivo do sistema educativo é garantir condições de ensino e de aprendizagem a todos", salientou a governante.

Aquele pavilhão desportivo já serve cerca de 890 alunos do agrupamento de escola e a comunidade de Vila Real, necessitando, no entanto, de obras "urgentes" a nível dos balneários e do tecto do recinto."

Ver Artigo Completo (Diário Digital)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...