terça-feira, 26 de junho de 2007

Custo dos exames nacionais será significativamente reduzido este ano.

No Público de 25/06/2007: "O director do Gabinete de Avaliação Educacional, Carlos Pinto Ferreira, garantiu hoje que o custo da realização dos actuais exames nacionais do ensino básico e do secundário será significativamente reduzido em relação ao ano passado, sem, porém, adiantar o valor.

Em declarações à Lusa, aquele responsável assegurou que se verificará este ano "uma redução significativa de custos" face a 2006, quando a realização das provas foi orçamentada em 6,5 milhões de euros.

Sem querer, contudo, precisar um valor, Carlos Pinto Ferreira atribuiu a redução à diminuição do número de provas, que baixou de 56 para 38, e ao facto de os critérios de classificação já não serem distribuídos em papel, mas apenas disponibilizados na Internet.
(...)
Relativamente ao custo dos exames nacionais, o director do Gabinete de Avaliação Educacional anunciou que o valor global só deverá ser revelado depois do final da segunda fase das provas, que decorre entre 12 e 17 de Julho.

Além do pagamento aos milhares de professores correctores, que recebem por cada prova revista, o Governo tem ainda encargos muito avultados com a operação de segurança que envolve 500 agentes da Polícia de Segurança Pública e mais de 14 mil militares da Guarda Nacional Republicana.

A protecção, entrega e recolha dos exames nacionais fica a cargo da "Operação Athena 2007", que se prolonga durante mais de dois meses."

Ver Artigo Completo (Público)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...