quarta-feira, 15 de maio de 2019

E se a reposição do tempo de serviço já não fosse um tema complicado, ainda acresce a possibilidade de faseamento...


Comentário: Será difícil encontrar algum professor que consiga perceber de forma clara de que forma irá decorrer o faseamento da esmola que o "ladrão" decidiu devolver (no caso, 2 anos, 9 meses e 18 dias), e quais as vantagens ao escolher esta opção.

O diploma ainda não passou pelo crivo do Marcelo (irá passar, certamente), mas aquilo que se sabe até ao momento, fica sintetizado abaixo:

a) O faseamento decorrerá em 3 etapas: 1 de junho de 2019, 1 de junho de 2020 e 1 de junho de 2021;

b) Tendo em conta o número de dias a recuperar (no caso, 33 meses e 18 dias), o faseamento considerará em cada etapa, 11 meses e 6 dias;

Por motivos óbvios, relacionados com os condicionalismos de cada escalão (e não me refiro apenas a obrigatoriedade de aulas observadas) e à data em que cada um foi posicionado no mesmo, a decisão pelo faseamento terá de ser bem ponderada, sendo que esta uma daquelas situações em que nem me atrevo a dar conselhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...