terça-feira, 10 de outubro de 2017

Está para próximo o pré-aviso de greve "fofinha"


Comentário: Recordo a todos que o pré-aviso de greve que a FENPROF vai entregar na próxima quinta-feira, é relativa a uma tipologia de greve que visa apenas as atividades desenvolvidas "diretamente com aluno" e que esteja "inscrita na componente não letiva". 

Bem sei que a (des)união docente não ajuda à formulação de iniciativas de maior impacto, mas também seria interessante que colocassem no tabuleiro estratégico a forte rejeição que os professores sentem por tudo o que seja proveniente de alguns "eternos" sindicalistas. 

Sempre defendi que seria bem mais interessante "conquistar" as atuais estruturas sindicais (de modo a promover a necessária renovação de liderança), do que criar novas (ou uma nova... sim, também podemos meter uma ordem profissional nesse "saco"), mas já me disseram que isso demora muitos anos, e que também é facto assumido que muitos colegas (mesmo aqueles que vão com vontade de "mudar" para melhor) acabam por ceder aos seus próprios interesses (em substituição dos interesses da classe).

2 comentários:

  1. Eis a razão porque os Professores não são os Enfermeiros:

    http://24.sapo.pt/atualidade/artigos/pcp-promete-exigir-medidas-concretas-e-urgentes-para-enfermeiros-ao-ministro-da-saude

    Pois... Nada como os factos. Por que motivo para os Professores não há, nem haverá, nada?...

    ResponderEliminar
  2. Uma vez mais, este é um protesto que deve ser bem analisado pelos serviços jurídicos dos sindicatos.
    Os "eternos sindicalistas" poderão ser parte do problema da falta de mobilização da classe.
    No entanto, esta tornou-se uma classe "intelectual" (cof,cof, cof) muito dificilmente mobilizável. Um medo atávico colou-se- lhe à pele e, como catarse, lá temos os argumentos do ai que agora não dá jeito, ai que isto não vai dar em nada, ai que me cortam no salário, ai coitadinhos dos alunos que são prejudicados, ai e os pais dos alunos que se zangam, ai que o/a director/a vai fazer assédio profissional, ai que mau aspecto ir para a rua, ai que esta é a minha paixão e não há classe mais apaixonada do que esta que até faz voluntariado contínuo, espécie de mecenato não deduzível em sede de IRS, antes pelo contrário, mas isso não interessa agora para nada.
    E depois, "os eternos sindicalistas" não sabem de nada porque não dão aulas há muito tempo e vou rasgar o cartão do sindicato que sempre dá mais jeito e é mais prático do que participar em reuniões sindicais.

    Enfim, um enorme ciclo vicioso onde se vai permanecendo e se fica aliviado por não ter de optar e agir.
    Uma trabalheira!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...