terça-feira, 23 de abril de 2013

Concurso nacional de docentes 2013/2014: documentos úteis (manuais, listas e declaração de oposição)

E cá estão os famosos manuais de candidatura (para download), assim como mais alguns documentos relevantes. 

Utilizem os links abaixo:


Nota: Vão colocando questões relativas aos concursos nos posts, para que as possa agrupar por temas. Mais tarde, irei publicitando posts temáticas com as respostas às dúvidas (pelo menos para aquelas que eu sei as respostas ou cujas respostas não se encontram claramente identificadas nos normativos legais).

47 comentários:

  1. Bom dia. Sou recém formada em educação pré-escolar e, desta forma, candidato-me pela primeira vez pelo que me surgem bastantes duvidas. Quando deve ser entregue a carta de oposição? e se "externo" é a situação profissional que devo colocar na ficha de inscrição são algumas delas.
    Agradeço todas as ajudas :)

    ResponderEliminar
  2. Coloque algum tipo de identificação, colega. Se entretanto, colocar um post sobre este tema, gosto de dar um rosto à questão, mesmo que fictício (nickname).

    Identifiquem-se de alguma forma, caso contrário, não respondo.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia,

    É a primeira vez que concorro e tenho uma dúvida em relação às prioridades.

    O DL 132/2012 diz que devem concorrer em 1ª prioridade os «indivíduos qualificados profissionalmente para o grupo de recrutamento q que se candidatam, que tenha prestado funções docentes em pelo menos 365 dias nos últimos seis anos escolares».

    Para efeitos de contagem dos 365 dias, pode considerar-se o tempo de serviço antes da profissionalização?

    Obrigada.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia
    Pelo que estive a ler, as renovações vão de novo causar alguma polémica estes dias. Na minha singela opinião o que deduzi pelo que fui lendo é que o limite máximo de renovação são 4 anos e portanto agora ninguém renova. Ricardo Montes partilha da mesma opinião?
    Obrigada e bom concurso colegas.
    Minhota520

    ResponderEliminar
  5. Tenho uma grande dúvida, sou professora do quadro da região Autónoma dos Açores e pretendo mudar para o quadro do continente. Eu tenho que concorrer para uma vaga positiva? Uma vez que não sou vinculada no continente, concorro a escolas, concelhos e a QZPS para conseguir colocação?
    Um muito obrigada a quem me conseguir esclarecer. Xana

    ResponderEliminar
  6. Eu utilizo o vosso blog à bastante tempo, e utilizo o trabalho da equipa dos Professores Lusos, com os seus artigos e hiperlinks para assuntos de interesse, regularmente publicados no blog.

    Quero, portanto, agradecer todo o trabalho realizado pela equipa dos Professores Lusos.
    Trabalho esse que é um serviço público para muitos docentes e não só.

    Continuação de um bom trabalho, Nuno Coelho, Álvaro Vasconcelos e Ricardo Montes.

    Com os melhores cumprimentos,
    Fernando Santos.

    ResponderEliminar
  7. Ricardo, o ano passado não fui avaliada mas na última avaliação realizada tive muito bom, ora de acordo com o Decreto-Lei nº 132-2012 artigo 11º 1 C)tenho direito à bonoficação, tal como aliás me aconteceu no concurso extraordinário, certo? Obrigada.

    ResponderEliminar
  8. Bonificação, em vez de bonoficação :)

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde,
    Desde já quero agradecer o grande trabalho realizado! Este blog é bastante útil, principalmente para docentes que, como eu, estão a concorrer pela primeira vez.
    Eu terminei o mestrado em ensino este ano. Assim, este será o meu primeiro concurso.

    As minhas dúvidas são as seguintes: tenho que concorrer ao concurso externo ou ao concurso interno. Ou posso concorrer para os dois? E a declaração de oposição ao concurso é obrigatória para proceder ao concurso?

    Alguém pode esclarecer estas minhas dúvidas?
    Desde já obrigada.

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde,

    sou professora de QA sem componente letiva nos últimos dois anos tendo sido colocada em DACL/Mobilidade a 31 de agosto. Para este ano meu agrupamento colocou 5 vagas negativas (eu e mais 4 colegas) não tendo possibilidade de regresso.
    Concorro ou não? Em que situação/prioridade? Terei de esperar pela mobilidade interna em julho/agosto?
    Li a documentação mas, sinceramente, as dúvidas continuam... se me poderem esclarecer eu agradeço.
    Obrigada. Boa sorte a todos.

    ResponderEliminar
  11. Patrícia tenho a mesma dúvida. Telefonei para o CAT e não souberam responder...

    ResponderEliminar
  12. Quero dar-vos os parabéns pelo excelente serviço que prestam a todos nós.
    Sou QA e tenho 25 anos de serviço. Graças às regras de concursos que, nos últimos anos o permitem, tenho visto colegas muitos mais novos e menos graduados estarem 4 anos perto da sua residência (DACL e sobretudo QZP), luxo do qual nunca usufrui....tenho milhares e milhres de km percorridos e estou muito cansada de tudo isto. Não há moral alguma nestas regras que nos últimos anos têm prejudicado muito quem já tanto deu ao ensino.
    A questão da ausência de componete letiva é uma falásia pois, se me aproximasse o meu horário poderia ser ocupado por um colega mais graduado.
    Peço-sos que divulguem e chamem a atenção para esta situação aberrante que, com estas prioridades se vai eternizar!!!

    ResponderEliminar
  13. digo, colega menos graduado!!

    ResponderEliminar
  14. Esperemos pela 2º parte, mas, mais uma vez, devemos esperar que QZP DACL menos graduados se sentem confortavelmente perto de casa, como consequência das prioridades...não interessa os anos de ensino e estrada, a educação tornou-se numa roleta russa....há os com sorte e os sem ela!!!!

    ResponderEliminar
  15. Olá colegas boa tarde!
    Desejo-vos a todos um bom concurso...

    Tenho uma pequena dúvida. Sou contratada concorro neste concurso no concurso interno externo?

    Obrigado!

    ResponderEliminar
  16. " teu empenho" e não "tem empenho"...

    ResponderEliminar
  17. Pelos vistos, não apareceu o meu comentário. Vou repeti-lo:
    enquanto era contratado, habituei-me à " troca de galhardetes" entre contratados/ Pessoal dos quadros. Agora, que sou QZP, verifico que as guerras continuam, mas entre QZP / QA...!!!.?. Então, o MEC conseguiu os seus objectivos: como gastamos as nossas energias uns contra os outros, não direccionamos a guerra para quem de facto nos tem feito tanto mal...
    Ricardo: mais uma vez, obrigada pelo teu empenho e ajuda... Boa sorte para todos neste concurso que se prevê negro...

    ResponderEliminar
  18. no ponto 6, IV. Documentos a apresentar, Parte III – Procedimentos, do Aviso nº 5466-A/2013, do DGAE, pede documentos que estão no meu registo biográfico, na minha escola de validação, tenho que pedir estes documentos a essas mesma escola para depois voltar a enviar ou posso confiar na escola.

    Obrigada pelo tempo disponibilizado

    PR

    ResponderEliminar
  19. Concordo com a Dina, na troca de galhardetes (os QZP fazem o que a lei lhes permite; se a lei está desajustada, "ataquem" quem a fez e não quem a segue) e nos agradecimentos ao Ricardo (e companhia).

    ResponderEliminar
  20. Olá, Ricardo.
    Pretendo mudar de grupo de recrutamento.
    Se nos concursos anteriores teria de fazê-lo numa terceira ou quarta prioridade, tenho a sensação que agora concorro na mesma alínea (porque o termo prioridades deixou de constar na legislação)e, por conseguinte, nas mesmas condições dos colegas que já se encontram nesse grupo de recrut. para onde pretendo obter colocação. Esta correcto?
    Obrigado e um abraço
    El Greco

    ResponderEliminar
  21. Aquando da mobilidade interna será também possível concorrer a outro grupo de recrutamento, para o qual se tenha igualmente profissionalização e que consta no e-bio, para além daquele a que se pertence? Exemplo: sou do 300, mas não obtive colocação, nem no concurso nacional, nem na mobilidade interna; dá para ficar numa vaga do 910 se houver vaga ou é lá colocado um colega contratado?

    Se querem realmente aproveitar os recurso humanos dos quadros, esta possibilidade faz todo o sentido.

    Senão para que servirá o e-bio?!?

    ResponderEliminar
  22. Boa tarde, estou na mesma situação da Patrícia de QE e vaga negativa, qual a prioridade? Concorro ou não?

    ResponderEliminar
  23. Boa tarde. Não vejo qualquer referência no manual aos destacamentos por condições especificas. A manifestação desta necessidade será noutra fase do concurso? Uma vez que é a primeira vez que vou concorrer a este destacamento, sendo QZP (Dacl) não sei como se processa este prodecimento. Alguém pode po favor esclarecer-me?
    Obrigado,
    Lucia Oliveira

    ResponderEliminar
  24. Desculpem a ignorância, o que quer dizer LSVLD?

    ResponderEliminar
  25. Boa tarde.
    Afinal que professores do QA concorrem à primeira prioridade? São os professores que depois de não terem ficado colocados no concurso de mobilidade, ficaram nas suas escolas sem horário atribuído?

    Obrigado.

    ResponderEliminar
  26. Olá Gil,

    então quem é nos saberá responder??????

    Quem souber resposta à nossa dúvida...
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  27. Olá Patricia e Gil

    Estou na mesma situação q vocês, sou QA e DACL e liguei para o sindicato para me informar sobre esta questão do concurso e prioridades,assim foi me dito que a 1ª prioridade destina-se somente a colegas que devido à extinção, fusão, agregação ou reestruturação das suas escolas, ficaram sem componente letiva e foram já notificados desta situação. No nosso caso teremos que concorrer na 2ª prioridade para tentar mudar de quadro de agrupamento, mas nada mais do que isso...
    Agradecia Ricardo se me confirmasses esta informação
    Obrigada

    ResponderEliminar
  28. Boa tarde, sou do QZP (continente) e se não pretender mudar de lugar de vinculação em que prioridade concorro? Ou sou obrigada? Se alguém me puder responder agradeço
    2.ª prioridade — docentes de carreira dos agrupamentos de escolas ou de escolas não agrupadas, os de zona pedagógica e os docentes dos quadros das Regiões Autónomas que pretendam a mudança do lugar de vinculação;
    Cristina Marques

    ResponderEliminar
  29. Boa tarde.

    Pertenço a um QE X. No entanto este ano não tive horário na escola à qual estou afeto e tive de concorrer ficando colocado noutra escola Y.
    Reparei que nas vagas publicadas na escola X onde estou afeto está (-1).
    Tenho de concorrer ao concurso interno neste momento? Concorro em que prioridade? Espero pela distribuição de horário para saber se aí tenho lugar e volto para a escola?

    ResponderEliminar
  30. Em que situação temos anexar os documentos, sendo contratada é necessário fazê-lo?

    ResponderEliminar

  31. Atenção colegas, existem vagas nas camaras para limpadores de viascos, e cagadeiras

    ResponderEliminar
  32. Caros colegas,
    Leiam os manuais da candidatura que vos diga respeito, e a legislação, que as respostas estão lá todas.
    Podem também entrar na vossa candidatura e ver o que vos pedem, ir preenchendo, gravando (este ano diz, confirmar dados), para ver realmente onde têm dúvidas, sem submeter nada.
    Podem ler os posts que o Ricardo escreveu mais abaixo, que também já respondem a muitas pergunta aqui feitas hoje.
    Boa Sorte!

    ResponderEliminar
  33. Boa Tarde!

    Pela primeira vez concorro mas tenho duvidas em relação à situação profissional, porque nao dei aulas no ano passado, logo esse campo fica indisponivel para eu preencher? alguem me pode ajudar ou facultar algum documento para ajudar no preenchimento pela primeira vez!


    Obrigado

    ResponderEliminar
  34. Patricia eu estou na tua situação e hoje liguei para a escola pois foi agrupada e por isso concorro na primeira prioridade pois disse-me a directora que perdi a componente lectiva!

    ResponderEliminar
  35. Quero aqui deixar o meu sincero agradecimento pelo excelente trabalho que o Ricardo tem feito. Com aulas para preparar, com testes para fazer e com a sua vida pessoal ainda tem tempo para nos ajudar com as nossas dúvidas. Aqui vai um sincero e muito obrigada pelo apoio prestado, neste momento que para quem é professor que tem de concorrer, independentemente se é QA/QZP ou contratado é de angústia por este futuro tão incerto.

    ResponderEliminar
  36. Boa tarde:
    é com interesse que venho seguindo este mui útil blogue e como tal também a mim me surge a oportunidade de o utilizar pela primeira vez para esclarecimentos. Dito isto: sou professor de QA com lugar "garantido" (se é que isso existe!) uma vez que sou o 4º de 8 colegas na mesma situação. Tudo estaria perfeito se a escola em questão não estivesse a muitos KMs de casa. Assim este ano tenho o dilema: concorro para mudar de quadro de escola (e arrisco a ficar pior colocado noutra) ou apenas vou pela mobilidade interna? Esta dúvida tem duas partes: 1ª Para concorrer à mobilidade interna tenho de concorrer também a esta 1ª fase do concurso? Ou posso pura e simplesmente agora não fazer nada e depois concorrer à mobilidade quando ela abrir? 2ª: Se optar por concorrer para mudar de quadro de escola/agrupamento, e no futuro a escola onde ficar colocado não tiver lugar para mim, o que me acontece? Concorro só à mobilidade ou poderei ver a minha vida a andar para trás e obrigarem-me a concorrer a uma zona mais alargada do que a colocação que agora tenho? (por ex. QZP, ou pais todo...)
    Agradeço desde já a ajuda de todos.
    Boa sorte nos concursos.
    JMMTFG

    ResponderEliminar
  37. Boa noite,
    agradecia o esclarecimento: o que significa esta lista de instituições públicas para 1ªprioridade? Acresce Registar que sou QZP.
    Reitero o meu agradecimento e felicito-o pelo excelente serviço público aqui prestado.
    Paula Cristina

    ResponderEliminar
  38. boa noite. sou licenciada em educação de infância desde 2009, este será o 2º ano k concorro, nunca trabalhei para o estado, mas tenho tempo de serviço, mas no qual ainda n recebi a carta da dren para efeito de contagem. em que fase devo concorrer? de momento estou a trabalhar no privado.

    obrigada

    ResponderEliminar
  39. Atenção: A 1ª prioridade é só para os professores das instituições referidas no documento que o Ricardo colocou aqui, certo? Parece-me que estou a ver que alguns colegas pensam estar na 1º prioridade e não estão.

    ResponderEliminar
  40. Colegas que pensam estar na 1ª prioridade, atenção ao documento que o Ricardo colocou aqui.

    ResponderEliminar
  41. hELENA DE 23 DE aBRIL
    "Desculpem a ignorância, o que quer dizer LSVLD?"

    Significa licença sem vencimento de longa duração.

    ResponderEliminar
  42. Para a Helena de 23 de Abril
    "Desculpem a ignorância, o que quer dizer LSVLD?"

    Licença sem vencimento de longa duração

    ResponderEliminar
  43. no artº 4º do Dec. Lei 132/2012 de 27 de Junho refere que o concurso inclui as escolas portuguesas no estrangeiro.

    Essas escolas (angola, moçambique, etc...) não sairam em lado nenhum, pois não? Não têm vagas? Não têm códigos???

    ResponderEliminar
  44. Bom dia,

    Relativamente aos docs a apresentar para o concurso externo, a alínea h) diz "Os professores portadores de qualificação profissional adquirida pelas licenciaturas em ensino ou do ramo de formação educacional das Faculdades de Letras e Ciências deverão fazer prova do grupo de recru- tamento em que se encontram profissionalizados, juntando, para o efeito, cópia da declaração emitida pela escola, mencionando o(s) grupo(s) de recrutamento/disciplina(s) em que realizaram o estágio pedagógico;".
    A minha escola de estágio recusa-se a passar a declaração porque diz que o certificado de habilitações discrimina a "disciplina" de estágio pedagógico.
    A escola de validação diz que se não entregar a declaração, que sou excluída. O que posso fazer?

    Obrigada.

    ResponderEliminar
  45. Bom dia Ricardo Montes!

    Onde é que arranjou a lista das instituições públicas que relevam para a 1ª prioridade?

    ResponderEliminar
  46. Bom dia Ricardo. Gostaria de receber informações sobre as vagas para professor/docente em Angola e em outros países. Sempre quis atuar fora do Brasil em minha área. Sou Pedagogo, especializado em Gestão da Educação e EJA. Se puder me ajudar agradeço.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...